sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Essa doença chamada burrice

O que mais me irrita não é exatamente a mensagem. Pessoas ignorantes existem aos montes em todos os lugares. O que me irrita é saber que uma pessoa estudou, cursou uma universidade, formou-se num curso instigante como o jornalismo, mas mesmo assim continua um boçal, energúmeno, tapado - com este tipo de ideia abjeta e este estilo propositadamente maldoso de escrever asneiras preconceituosas que tentam disfarçar apoio.

Meu consolo é constatar que, pela cara macilenta do sujeito na foto, ele não deve viver muito. Que morra logo. De preferência lentamente.

15 comentários:

Danyllo Coelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Rocha disse...

Só a obrigatoriedade em manter esse nome, "Adroaldo" já um motivo de descontentamento com a vida.
Brincadeiras à parte, ainda há muito preconceito a ser vencido e o que me consola é saber que a nova geração que está chegando é muito mais tolerante...
Vida curta ao fulano autor do texto, que ele faça uma boa viagem diretamente para o inferno, onde é o lugar dos ignorantes (por escolha e não pela falta de cultura)

Daniel Andre disse...

Sujeito podre e hipócrita. Viveu numa época, em que obrigava os escravos a come-lo a força! É um defunto vivo, que está fazendo hora extra na terra. E digo mais: Parabéns a rede globo e algumas emissoras, por mostrarem algo, que existe bem antes da bíblia.

Abraços,
Fique na paz,
Dan
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

Margot disse...

Precisando de ajuda para mandar o sujeito para PQP, ou bala de borracha pra gente brincar com ele de alvo...eu me disponho!

Não tenho termos suficiente para honrar a burrice do cara.

ate mais Luciano

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

vc ainda esquenta a cuca com estes imbecis?

Oliveira Santos disse...

O que dizer deste comentarista pífio, que escreveu esta notinha? um zé ninguém? Dizer nada mesmo!!!!

Anônimo disse...

esquenta com esse tipo não... esseaí deve ser uma passivona frustrada com a felicidade dos outros.

Julio Paiva disse...

RSSSSS, KKKKKK, ahahaha, isso basta.
Na minha cidade um jornal local escreveu homossexuais matam vereador, agora imagine se vira regra, heterossexual rouba velhinha, bissexual assalta caixa eletrônico, virgem furta supermercado, assexuado dá o golpe no passivo meliante, etc etc, onde vamos parar e ainda tiraram a ne
cessidade do diploma no jornalismo.

Anônimo disse...

Sob o ponto de vista da física o comentário do Sr. Streck é revolucionário, pois o conceito de 'quilometragem por metro quadrado' é digno de Einstein. Já no quesito poética a pobre quilometragem, não como medição de distância, mas do número de pessoas é imagem bastante precária.

Marcelo Mota disse...

A novela com maior quilometragem de homossexuais! Já que ele não tem nada contra, vou convida-lo para o meu aniversário, Quero ganhar essa maratona GAY em quilometragem aqui em casa. Amigos, bom humor, afinal se sofremos de homossexualidade definitivamente este Senhor já esboça senilidade. Abraços à todos

Dudu Braga disse...

Só acho que tem que morrer rápido! Não me interessa o sofrimento desse povo, apenas que não possam mais propagar ideias infelizes como essas.

CriCo disse...

Adroaldo who? Shrek???

Anônimo disse...

simplesmente mais um idiota com teias de aranha no cérebro senil.

Gera Souza disse...

Comentários babacas como esse ai, só comprovam uma coisa: que o preconceito não tem classe social, ele está entranhado em todas as camadas de nossa sociedade. Ledo engano quem pensa que somente os "incultos" e´que são homofóbicos! Lamentável mesmo...

railer disse...

fico indignado com gente assim...