terça-feira, 21 de janeiro de 2014

What have you done today to make you feel proud?


Não foi só pelo grande talento do Mateus Solano e do Thiago Fragoso. Não foi só pelo cuidado com as luzes que fez o rosto e os lindos olhos verdes do Thiago Fragoso praticamente iluminarem a tela. Foi pela delicadeza da cena, da sinceridade dos olhares, da emoção nas falas, da beleza de se perceber a amizade se transformando em um sentimento ainda mais nobre. Foi pela quebra de paradigmas em uma novela do horário nobre mostrando pela primeira vez um carinho tão íntimo entre dois atores consagrados. Esta cena linda de quase 8 minutos exibida hoje em Amor à Vida entra para a antologia da teledramaturgia brasileira. 

14 comentários:

Marcos Rocha disse...

Luciano,
muito, mas muito obrigado mesmo por compartilhar esse trecho da novela. Eu desisti de ser assinante da Globo aqui em New York justamente para não ficar preso à lingua portuguesa e se não fosse por vc, eu jamais teria conhecimento acerca desta cena bela e pura.
O sentiment parado no ar, a incerteza, o medo e o desejo, tudo reunido num mesmo lugar me tocou profundamente.
Quem me dera viver uma cena como essa na minha vidinha real; quem me dera ter a chance de amar e ser amado com tamanha singeleza.
Muito obrigado mais uma vez.
PS: Muito legal a poesia dividida no outro post. Assim como as musicas que vc compartilha, ela me tocou profundamente.
Grande abraço deste teu fã

Julio Paiva disse...

Sou obrigado a concordar apesar de achar o texto duvidoso, concordo quanto a delicadeza da interpretação soberana de Mateus Solano e quanto ao olhar triste de Tiago Fragoso, foi muito bonito, e olha que eu tenho 45 anos e assisto novela. rsrsr. Parece que finalmente os autores estão entendendo.

Anônimo disse...

Esta cena linda me fez lembrar daquele casal que eu adorava de Insensato Coração, Eduardo e Hugo (ai! A panqueca do Hugo...). Eles eram lindos como casal, mas não se tocavam, não tinham calor humano.
Pois é, de repente ficaram tão antiquados, tão amarelados na minha memória...
O beijo dado pelo félix nos cachos do Nico seria impossível a pouco tempo.

Lucas T. disse...

PQP sem palavras.

Fefeu disse...

e a música, do final de queer as folk, cena linda.

Margot disse...

Foi lindo....e a musica so acrescentou emoçao.
Torcendo por eles....
Bjs

railer disse...

Não tinha visto (não vejo novelas) e gostei de você ter compartilhado conosco. Belíssimo.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

foi perfeita ...

... voltei das férias e amanhã posto ...

beijão ... saudades ...

Oliveira Santos disse...

Também achei linda e profunda a cena, muito tocante, imaginei esta cena em um teatro sala pequena, aquele silêncio só a fala dos personagens e a emoção. Gostei muito da cena, show de interpretação dos dois.

Anônimo disse...

vi por acaso e amei e corri aqui no seu blog, sabia que vc iria adorar e comentar tb!!!!

AdultoEmergente disse...

também não vejo novelas, perdi o habito com o tempo, mas fico feliz em saber sobre uma cena dessas, tem coisa que diz mais que um beijo né!?

Anônimo disse...

Luciano, lindo demais. Não tinha visto. Obrigado.

Esdras disse...

A cena ficou e está reverberando na minha cabeça até agora. Acho o texto de Walcyr terrível, mas comecei a acompanhar a novela nesse último mês só pela história de Nico e Félix que cresce sutilmente a cada capítulo e me arrebata com tamanha delicadeza. Esta cena em especial foi a mais bela até o momento!

Rodrigo Teixeira disse...

O olhar do Felix quando tocou o guri, foi phoda.