quinta-feira, 11 de julho de 2013

Confessionário


Diferentemente de Avenida Brasil, que ninguém tinha falsos pudores de confessar que gostava, ou de Salve Jorge, que todo mundo amava odiar, Amor à Vida não desperta grandes emoções. O talento do Mateus Solano deu notoriedade ao personagem da bicha má Félix, que inunda as redes sociais como veículo para frases de efeito cheias de veneno e sarcasmo, mas ninguém parece muito interessado no desenrolar da história. O casal gay feito pelos também talentosos Thiago Fragoso e Marcello Anthony parece meio pasteurizado e não despertou grandes emoções, nem contra nem a favor.

Mas a novela tem apresentado algumas cenas muito boas, como este momento confessional mostrado ontem entre os personagens do Mateus Solano e do gostosão Júlio Rocha. Em uma única cena o autor conseguiu dissecar muito bem a verdade por trás da grande maioria dos ex-gays casados, os maridos Brokeback Mountain. Ganha um doce quem não conhecer alguém exatamente assim.

12 comentários:

João Eduardo disse...

Aprecio a maneira profissional como os dois atores se entregam ao dialogo, que representa aquilo que muitos milhares pensam e se vão acostumando à situação. Um longo caminho para que as pessoas aceitam, ( se aceitam ) e sobretudo sejam respeitadas.
Parabéns ao teu Blogue que sigo atentamente deste lado do Atlântico, em Portugal.

Anônimo disse...

Eu soube de um caso parecido, recentemente.
É impressionante o retrato que eles estão fazendo sobre esse tipo de gay, inclusive, muito mais interessante do que o casal assumido e lindinho.
Como novela boa é aquela que a gente sabe o que vai acontecer, em breve o Félix será "desmascarado" para toda a família.

Lucas T. disse...

Também curti muito essa cena. Bom diálogo e boas atuações. Só acho que o Matheus Solano é um pouco afeminado demais pra um gay "enrustido".

Anônimo disse...

Sua capacidade de chover no molhado e impressionar gente desavisada é invejável. Parabéns.

Anônimo disse...

julio rocha, ary fontoura,luis mello ...tudo da irmandade!!! ja o mateus solano que é afeminado naturalmente e na vida real tb, nao é...

Anônimo disse...

E O RICARDO TOZZI TB É DA IRMANDADE KKKKK

Evandro disse...

Achei o diálogo entre eles muito bom e representa uma realidade que muitos gays vivem. O Mateus Solano está simplesmente ÓTIMO dando essa pinta toda e vivendo um casamento de fachada. Talvez ele pudesse desmunhecar menos, mas ai o personagem perderia um pouco o charme tipico dos vilões novelísticos. Acredito que o terreno está sendo preparado, a trama mostrando que a bicha má é assim (pelo menos em boa parte) porque nunca se assumiu de verdade.

Bruno Garcia disse...

Foi uma cena muito boa realmente, descortinou-se em poucos minutos uma realidade em muitos casos "maquiada"!

Anônimo disse...

É mesmo engraçado, 'Avenida' foi idolatria, 'Salve' descambou para ódio e 'Amor' ficou na indiferença.
Disse Patricia Kogut, de O Globo, que a dupla Valdirene e Marcia tem sido o ponto alto do ibope do novelão, que é bem acabado e conta com bons atores, mas é gênero marcado por ame-o ou mude de canal.
O diálogo em questão foi bem escrito e parecia mais sequência de um filme, sem aqueles cortes horríveis de novela. Chato mesmo é marido no armário assistir a cena com a patroa.
Desavisado e molhado

railer disse...

eu não vejo novelas, por isso quando você compartilha essas coisas com a gente.

a cena ficou show mesmo e tomara que ajude a outras pessoas a se entenderem melhor.

Sidney Gaga disse...

Só acho que o Matheus Solano é um pouco afeminado demais pra um gay "enrustido".

Concordo além de afeminado, a 'Bill' aqüenda um pajubá fortíssimo, praticamente beligerante, não está na conformidade de um gay que 'nunca esteve no meio' - faltou coerência aí, globo/walcyra

BixaÉPouco,Meu Amor,SouTrixa! disse...

Carrasco escreve personagens gays estranhos quando foge do padrão bichalouka de ser (personagens ridículos e caricatos tb parecem ser a especialidade de Aguinaldo Silva e outros autores). Novela indo bem no ibope, muita pegada folhetinesca p/ manter telespectador cativo e coisa e tal, ok mas agora, na real gente, me diz uma coisa, se o cara é enrustido de verdade ele não conversa c/ homens e mulheres hetero lascando um 'bofe' na conversa a cada cinco minutos como faz o Félix, né? Licença poética aqui tá beirando a voadora Glória Perez! Faz favor Carrasco, única coisa boa de ver são os homens que ele levou p/ fazer figuração e papéis pequenos no Projac. O que é aquele motorista? E aquele copeiro tatuado? E os enfermeirinhos que a gorducha pega no hospital, hein? Benza Deus pelo menos uma compensação no meio de tanto nonsense.