quinta-feira, 4 de julho de 2013

Quase proibido


Alguém consegue me explicar - se for muito difícil pode desenhar - como a Igreja Católica descarta uma mente pensante como a do Padre Beto enquanto mantém nos seus quadros toda a corriola de padres cantores descerebrados? Em entrevista à Marília Gabriela veiculada ontem, Padre Beto fala de tudo, principalmente de sexo, tesão, religião, pecado e homossexualidade.

5 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

tenho q compartilhar!!!

PORAQUIESO disse...

Oi... Compartilhei !

Luiz Paulo disse...

espetacular!

Margot disse...

Ele foi de uma clareza impar. Adorei.
beijos

Sidney Gaga disse...

tou baixando -- retorno para comentar !! eeeeeeee