segunda-feira, 7 de abril de 2014

Ipea

O mais surpreendente em todo este imbróglio causado pela pesquisa do Ipea não é o próprio resultado da pesquisa. Até bem pouco no Brasil ainda se justificava o assassinato de uma esposa infiel como "crime de honra". Sempre se soube que o Brasil é um país notadamente machista e homofóbico - isso não deve ser surpresa para ninguém. Lamentável sim, surpreendente não.

Além disso, este tipo de pesquisa de comportamento social não faz muito sentido se não for observado ao longo do tempo. Sabemos a posição atual, mas o mais importante é conhecer a tendência. Estamos melhorando, ou piorando, ou estacionamos no preconceito. Para que lado, e com que velocidade, estamos indo?

O que existe de realmente surpreendente nesta história toda é a leviandade com que o resultado errado da pesquisa foi divulgado. Um instituto especializado em pesquisa e atuante há mais de cinco décadas, e de repente analisa o resultado de uma pesquisa importante olhando para um gráfico de ponta cabeça?? E divulga o resultado errado, causa uma comoção em todo o país, e demora mais de uma semana para se dar conta do erro?

Parece-me que temos aí mais um caso de incompetência crassa, o que tem acontecido no atual governo com uma frequência muitíssimo alta. Com órgãos, entidades e institutos do governo aparelhados pelo partido que valoriza unicamente o aspecto político e que tem pouquíssimos técnicos de alto nível em seus quadros, temos hoje inúmeros setores do país comandados por chefes que não têm capacidade nem mesmo para ser síndicos de um prédio de dois andares e quatro apartamentos. Há casos de profissionais com currículos absolutamente ridículos, promovidos diretamente de agentes de sindicatos a diretores de importantes entidades governamentais. Era mesmo só questão de tempo até dar nisso.

6 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

o IPEA nada mais é q o retrato deste país Tupiniquim querido ...

Oliveira Santos disse...

Não vejo a hora de todo este DESGOVERNO começar a desmoronar ladeira a baixo, e já vai tarde!!!!!

Anônimo disse...

Pra começar, um presidente da república do pt gabou-se à imprensa de que tinha chegado sem ir à escola e o outro, a presidanta, fajutou o Curriculum Lattes com um doutorado que não existiu.

Anônimo disse...

Mas o ex-diretor do IPEA é concursado e não era diretor por indicação política. Foi um erro, mas quem não erra?
http://lmonasterio.blogspot.com.br/2014/04/erros-de-um-tecnico-do-ipea-e-acertos.html

Luciano disse...

Pois é, mas o diretor não trabalha sozinho. Bota um monte de maçã podre na equipe e tudo vai por água abaixo.

Luciano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.