domingo, 25 de maio de 2014

O tiro que saiu pela culatra

Deu tudo errado. O tiro saiu pela culatra ou, para usar uma gíria futebolística, foi um gol contra. Num país onde o governo se encontra dividido em 39 ministérios loteados entre dezenas de partidos políticos tão diferentes entre si como xixi e vinho, com cargos importantes ocupados não por técnicos competentes mas por políticos fisiologistas, as decisões não andam. O país está travado, e qualquer grande obra pública custa hoje vinte vezes o preço inicialmente previsto (para alimentar a cadeia de corrupção política envolvida) e leva dez vezes o prazo estimado.

A reação popular de descrédito em relação à Copa do Mundo e à Olimpíada que tem deixado muita gente estupefata tem uma explicação simples: estamos na era da Internet e das redes sociais. Pela primeira vez a população não precisa ouvir a versão sanitizada da notícia no Jornal Nacional para tomar uma decisão. Hoje a informação viaja na velocidade da luz e os governantes e os políticos não conseguem contê-la ou administrá-la, por mais que tentem.

Acho hipócrita as recomendações para que tratemos bem os turistas. O brasileiro de bem sempre foi cordial com visitantes, isso é da nossa natureza. Também ando muito cansado dessa visão terceiromundista de que na hora todo mundo veste a chuteira e o milagre verde e amarelo acontece. Prefiro enxergar uma pátria de mangas arregaçadas construindo um novo país do que uma pátria de chuteiras que não tem para onde voltar depois de terminada a partida. E embora esperando sinceramente que nenhuma tragédia ocorra durante estes eventos, desejo ardentemente que deles surja uma lição tão forte que seja capaz de alterar positivamente nossas perspectivas - mesmo que esta lição venha através da imensa e inevitável vergonha de não conseguirmos realizá-los. 

12 comentários:

Anônimo disse...

Acho q vc está enganado! Vai ter copa e vai ser um sucesso apesar da torcida contra ! Com certeza vai ser a copa das copas, e olha que nem sou fã de futebol !
* Porque ser contra só agora?!
* O q vão ganhar se tudo der errado?!

Anônimo disse...

Ó Anônimo das 22.01, porque tem de ser a Copa das Copas? Freud diria que é devido ao indefectível Complexo de Vira-latas que nos assola.

Anônimo disse...

"o brasileiro de bem" entrega a sua visão das coisas: burguesa, conformista, reacionária e preconceituosa. O discurso libertário gay só funciona pra vc e seu círculo mais próximo, o resto que se dane. Um "brasilelro de bem", afinal. Muito curioso, apesar de super comum.

Marcos Campos disse...

Tudo meio que perdeu a graça ! O sentomento é mais ou menos esse mesmo.

Luciano disse...

@Anônimo das 10:05

Se você não é "de bem" então este aqui também não é o seu lugar. Vá procurar a sua turma.

Julio Paiva disse...

Nunca estive tão dividido em minhas opiniões, certo de que quero ver meu país se sair bem com suas competências diante do mundo, mas não posso negar que a copa e seus estádios é o máximo do limite da corrupção e negação à soberania nacional, até a lei que proibi bebida alcoólicas nos estádios foi interrompida, suprimida, assim, espero e desejo protestos intensos sim, porém criativos, está na hora de mostrar outra competência, a nossa criatividade para o mundo com nossas manifestações políticas. Durante toda copa.

Aldo disse...

Tomara que dê tuuuuudo errado!.

Aldo disse...

Tomara que dê tuuuuudo errado!.

ArabeAlli disse...

O ponto crucial de seu raciocínio: A opinião pública que não é mais unicamente formada segundo a versão "oficial" dos fatos. Isto sim mostra uma mudança (ainda que incipiente)da nossa mentalidade. Em 1950 deram-nos o circo. O pão deveria esperar até que crescesse para ser dividido. Pois bem, cresceu o pão e não foi dividido. E agora mais uma vez querem que nos contentemos apenas com o circo. Acho que dessa vez terão que se esforçar mais, e cada vez mais. A informação nos faz fortes, exigentes. Que venha a copa. Que venham mais protestos. Que venham as mudanças necessárias.

Gera Souza disse...

Tô contigo e não abro!
Concordo em gênero, numero e grau!
Também espero que aconteçam protestos inteligentes e criativos que não impeçam o ir e vir de cada um.
Chega de violência!!
Mas como diz o tal jargão futebolístico: o futebol é uma caixinha de surpresas! kkkkkk
Da minha parte estarei torcendo pela ARGENTINAAAAAAAAAAA!!! rsrsrsrs

Giuliano Nascimento disse...

A importância do evento esportivo para a imagem do país é grandioso e subestimado sempre pelos analistas e críticos, enfim... Mas parece um tanto inocente acreditar na "revolta" do povo brasileiro; odeio com força teorias de "interesses outros" todavia é evidente que mesmo a imprensa não "comprou" a ideia de Copa do mundo e essas manifestações visam apenas e tão somente tumultuar o já tumultuado processo de realização da Copa. No mais, vai ter sim vai ser bem "mais ou menos", bem de acordo com o que se esperava.

Margot disse...

Boa Luciano!