segunda-feira, 30 de julho de 2012

Estica e puxa

Um príncipe do Bahrein foi retirado à força de um avião em Londres ontem por estar bêbado e perturbando a ordem. Considerando que os muçulmanos não ingerem bebida alcoólica, provavelmente no final do dia os representantes da família real já terão uma ótima explicação de como o príncipe acidentalmente errou a dose do remédio para controle da pressão e teve esta reação inesperada.

Viver em uma sociedade onde quase tudo que dá prazer é proibido tem um efeito impressionante sobre a cabeça das pessoas. Na primeira oportunidade há uma tendência a abusar da liberdade. Ninguém é mesmo muito bom em reprimir impulsos naturais.

É desta repressão dos próprios instintos que vem muito do ódio que os religiosos sentem dos gays. Deve realmente ser muito complicado conviver com pessoas felizes e bem resolvidas que conseguem exercitar a sexualidade de forma sadia e natural quando se vive uma vida desinteressante, medíocre, e cheia de desejos reprimidos. É viver num eterno estica-e-puxa entre o desejo e o medo.

3 comentários:

Margot disse...

Definiu muito bem.
Já voltou?
Beijos

Anônimo disse...

"pessoas felizes e bem resolvidas que conseguem exercitar a sexualidade de forma sadia e natural". Quem são essas pessoas?

Oliveira Santos disse...

Esse pessoal tolhido em Países totalitários quando pisam em terras onde tudo pode, pisam na jaca, chutam o pau da barraca e metem o pé no tomate!!!!!E depois vem com desculpas esfarrapadas!!!!