quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Três letrinhas

No começo de 1991 eu embarquei em São Paulo em classe executiva para uma viagem de negócios à Suiça. Ao meu lado foram acomodadas duas crianças pequenas viajando desacompanhadas, que chegaram no vôo de Brasília e foram colocadas no vôo para a Europa. As crianças tinham constante supervisão da tripulação, e foram dois amores durante toda a viagem - pareciam estar acostumadíssimas com o procedimento. O casal era lindinho, o garoto não tinha mais do que 7 anos e a garotinha aparentava ser um pouco mais nova. Lá pelas tantas perguntei o nome ao garoto. "Meu nome é Nelson. Nelson Piquet. Júnior". O vôo terminou em Paris onde eu peguei uma conexão para Basileia e nunca mais os vi, exceto pela imprensa.

Lembrei disso agora ao ler que Nelson Piquet Jr. acaba de ser multado em dez mil dólares pela NASCAR por ter feito um comentário homofóbico pelo Instagram. Foram só três letrinhas (fag!, termo ofensivo comparável a veado!) que acabaram custando quase sete mil reais cada. Bom isso. As figuras públicas precisam ter ciência da repercussão de seus atos.

11 comentários:

Anônimo disse...

engracado que o chefe da escuderia tinha acusado ele de ser gay ( lembra disso!!!)

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

e logo quem né? hummmm

Marcos Campos disse...

É, peixe morre pela boca ... hoje em dia então !
Mas quando dói no bolso as pessoas aprendem geralmente ... quem sabe ele aprende a ficar de boca fechada ou pelo menos medir melhor suas palavras.

Lucas T. disse...

Ele é gay. Não que isso faça muita diferença, mas né. Fica a info.

Anônimo disse...

como assim ele é gay lucas t. explica isso melhor? pq ate hoje so houve especulacoes...

Anônimo disse...

Pessoa estudada preparada bem nascida com as portas do mundo abertas, com inúmeras possibilidades pelo mundo a fora, e diz uma asneiras dessas!!!! Nem sempre formação ajuda no caráter da pessoa, se nasce com isto com discernimento, lamentável mesmo!!! Vai medir mais as palavras, sentiu no bolso.

Anônimo disse...

Não existem indícios que ele seja realmente gay, mas existem declarações de um senhor da F1 (de cabeça quente) que afirmavam que ele se relacionava com outro senhor grandão das F's.

Um novinho desses, mesmo se fosse gay, iria se relacionar com um cara 60/70tentão e careca? Sem preconceitos... mas...

O máximo que pode ter acontecido (e se aconteceu) foi algum lance sexual em troca de apadrinhamento.

Este é o "amor" do Nelsinho, segundo Briatore:
http://www.express.de/image/view/2009/8/13/1052316,597090,highRes,maxh,480,maxw,480,Bei+dem+Briten+Marc+Cavezzale+wohnte+Nelson+Piquet+junior.+%25282831930048%2529.jpg

Abaixo, Nelsinho fazendo cara de indignado e dizendo que vai excluir o Muque dos favoritos: http://sp5.fotolog.com/photo/37/22/98/rod_diretor/1255116428085_f.jpg

Anônimo disse...

O comentário 'fag' não teve caráter ofensivo, ao contrário foi dirigido a um amigo dele, que parece ter achado bastante engraçado. Coisa de machos. Ou de bichas.
Impressionante a reação rápida e enérgica. Alguém reclamou junto à entidade das corridas e imediatamente foi considerado inadequado o uso de tal palavra por um associado e lá vai multa...

[ joe ] disse...

Eu também já ouvi que ele é gay. Ele namorava uma modelo com quem eu fiz alguns trabalhos fotográficos uns 5 anos atrás. Ela era lindíssima, era a modelo do momento em Brasília, e em uma viagem que fizemos para um ensaio, ela confessou que, quando viajou para a Europa para passar uma temporada com o namorado, ele fugia de fazer sexo com ela. Ela disse desconfiar de que ele não gostava. Até que finalmente eles terminaram. Eu não lembro bem o desfecho da história, mas lembro do motorista da van que nos levou dizendo, indignado, que com uma namorada como ela, o problema seria não fazer sexo todos os dias.
Isso dele dizer fag muito soa como diálogo de gay enrustido homofóbico. tenho pena.

[j]

Anônimo disse...

Ele não é gay, mas o namoradinho que ele tinha que estudava na FAAP era, ahahahah.

Anônimo disse...

ACHO ELE LINDINHO!!!