quarta-feira, 6 de maio de 2015

Homens de programa

Muito interessante e esclarecedora esta reportagem publicada hoje no UOL sobre garotos de programa que gostam do que fazem. Não é todo mundo que consegue aliar prazer ao trabalho.

Embora muita gente possa franzir a sobrancelha para esta afirmação, ter talento para o sexo deveria ser tão valorizado quanto ter talento para pintar, desenhar, cantar ou representar. Aliar técnica e aptidão a um talento natural é o segredo do sucesso em qualquer segmento.

Acho interessante conhecer um pouco mais sobre os meandros do mercado do sexo. Sempre que houver demanda haverá oferta, e o ser humano normal nunca deixará de demandar sexo - pago ou não.

Espero que breve possamos ler uma reportagem sobre o outro lado da moeda. Seria interessante conhecer um pouco mais sobre os clientes que costumam comprar sexo e descobrir que eles são gente tão comum quanto eu ou você.

4 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Taí uma coisa q eu nunca entendo: O q leva alguém a pagar por sexo!

Luciano disse...

@Paulo,
Sexo é uma necessidade física como alimentar-se. Pagar por sexo pode ser extremamente prático para quem não tem outras formas de obtê-lo ou quer simplesmente se divertir com um profissional.
O filme "As Sessões", com a Helen Hunt fazendo uma terapeuta especializada em prover sexo para pessoas com grandes deficiências físicas, é bastante esclarecedor.

Anônimo disse...

Luciano vc disse tudo, eu inclusive já tive curiosidade mas faltou a coragem, bem ainda bem não preciso hj em dia amém.

Julio Paiva disse...

Concordo, plenamente sobre ter aptidão, vocação para tal profissão, pois uma vez fui abordado por um rapaz de programa querendo sair comigo cobrando o valor de uma passagem de ônibus para voltar para casa, ora, eu simplesmente dei o dinheiro e não quis o programa expliquei que estava com pressa para pegar o metrô, ele estranhamente insistiu quase se ofendendo, então dei-lhe um beijo no rosto e disse, pronto fizemos sexo, agora aceite o dinheiro e volte pra casa.