quinta-feira, 23 de agosto de 2012

As semi-bichas da Zona Sul

Em um momento inspirado na novela das 9 ontem, duas personagens conversavam sobre como os homens da Zona Sul do Rio estavam se transformando cada vez mais em "semi-bichas" com seus corpinhos sarados e sem "pegada" com as mulheres. A fala veio em momento de humor sem preconceito, sendo inclusive interrompida pela chegada de um arquiteto 3G (gato, gostoso, guloso) com jeitão de macho viril hétero com pegada, justamente para provar que toda generalização é burra.

Mas é claro que a constatação da personagem traz uma observação muito realista. Cada vez mais os héteros se apoderam de elementos que antes eram restritos à "cultura gay" e contribuem para que gaydares deem alarmes falsos. Enquanto nos anos 70 o Village People (composto por gays) se fantasiava de homens viris, nos dias de hoje Luan Santana e Justin Bieber (supostamente héteros) não se incomodam com o visual meio andrógino.

Eu acho isto ótimo. Quanto menos visíveis forem as diferenças, melhor. Chegamos ao tempo em que os homens héteros já podem usar camisas cor-de-rosa sem nenhum sobressalto. E, para provar que o fenômeno não se restringe à Zona Sul do Rio, a foto que ilustra esta postagem foi feita esta semana na festa do peão boiadeiro de Barretos. Supostamente, são machinhos héteros na avenida à caça de garotas para azaração. Mas poderiam muito bem ter acabado de sair da The Week depois de uma noite inteira se esfregando uns nos outros. 

15 comentários:

Rodrigo disse...

Nota mental: Ir para Barretos.
orgente-mente

Ipsis literis disse...

O arquiteto 3G chama-se Renato Scarpim, ator que já tinha tirado meu sono em Um Só Coração minisserie de 2004, ontem vendo ele na novela constatei que o tempo tem feito um bem danado a ele.

Anônimo disse...

De todos os elementos da "cultura gay" sendo incorporados tem um que especialmente abomino: ESSA MANIA DE DEPILAÇÃO DE PEITO, BARRIGA E SABE LÁ O QUE MAIS! Esteticamente fica horrível e, ao tato, incômodo. Tenho um amigo muito peludo que seguiu essa regra (lendo Men´s Health) e se arrependeu amargamente (quase terminou o namoro). Nada com um corpinho naturalmente liso, essa forçação de barra em cima de gilete não tá com nada.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

do jeito q as coisas caminham os machinhos héteros já já estarão na The Week ... aguarde e verá ...

Oliveira Santos disse...

Esses daí são os mais fingidos, são os que entendem mesmo são os mais entendidos!

Anônimo disse...

Também acho bom que as diferenças estejam diminuindo. Tanto heteros sendo confundidos com gays e gays sendo confundidos com héteros. Só não vi um comentário seu sobre a novela: o personagem Roni. Tipo, eu acho que o autor deve escrever o personagem do jeito que ele bem entender, sem ninguém limitando a criação dele. (Já tem um grupo LGBT querendo fazer uma abaixo assinado para o Roni não terminar hetero e com com a Suélen). Mas eu acho que esse autor tem uma implicância com personagens gays. Todos os gays ficam com mulheres nas novelas dele.(Não que isso não aconteça na vida real e muitos conseguem/conseguiriam conquistar mulheres que heteros). Mas tipo só acho que o discurso da mãe dele, qua a Suélen "curou" ele, meio homofóbico para um país como o Brasil. Se toda a população fosse mais esclarecida quanto ao assunto seria engraçado, mas não é o caso. E quantas mulheres acharão que tem esse poder da Suélen? rs (Apesar de muitos gays tbm acharem que podem converter um ht).

Luciano disse...

@Anônimo:
É preciso esperar mais um pouco para falar do Roni - o personagem ainda está evoluindo. Tenho esperanças...
**

S.A.M disse...

Luciano:

"Mas poderiam muito bem ter acabado de sair da The Week depois de uma noite inteira se esfregando uns nos outros. " CADE AS PALAVRAS DA MINHA BOCA? HAHA

Nota Mental: Nao perder o proximo rodeio de Barretos. alok!

Fábio disse...

Pois uma amiga que mora na Zona Sul do Rio me disse coisa parecida outro dia. Na verdade, não fez menção ao lado "metrossexual", mas disse que os caras lá não tem pegada, não sabem chegar em mulher, parece que querem só encher a cara. Ela disse que a mulherada do trabalho dela está indo em bailes de charme na Zona Norte e que várias se arranjam por lá.

Wess disse...

São da minha cidade, Sertãozinho, do ladinho de Ribeirão Preto. E por aqui, tem muito disso, alguns grupos amigos que tem tudo pra ser gay, menos gostar de homem HAHAHA
Esses são do V.Q.T.

Anônimo disse...

na verdade o mundo esta mais aberto e os heteros tb, antes de vc desse uma cantada ou elogia-se um homem hetero arrumava confusao ou cara feia, hoje eles gostam, sorriem...ficao encantados.

Daniel disse...

Mais aggro boys pra você:
http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/festa-do-peao-de-barretos/2012/noticia/2012/08/jeito-rustico-de-peoes-galas-atrai-atencao-das-mulheres-em-barretos.html

Luciano disse...

Obrigado, Daniel
Adorei os agro boys!!
**

((ADRIANO)) disse...

ENTÃO É ISSO AGORA??????????????

Um homem gay passa parte da sua vida fazendo a sintonia fina do gaydar para que funcione adequadamente.
Dai a S-O-C-I-E-D-A-D-E faz isso com a gente?

Agora vou ter que baixar uma atualização pra ele.
Custei a desenvolver um gaydar, teve situações que ele apitou anos mais tarde me dizendo:
"lembra daquele cara ? pois é, era gay e estava afim de você..."

Eu já tinha corrigido esse delay, e agora mais essa...

OBSERVAÇÃO :
Reparem que Todo cara fica gato com óculos escuro.
Quando tira, as vezes é aquela brochada.


railer disse...

luciano, muito bom o texto e muito boa a comparação. realmente a cada dia o radar vai precisando ser mais apurado.

você deu um exemplo deles sem camisa. quando colocam a camisa, a maioria tá usando calvin klein, abercrombie, armani e por aí vai, todas bem justas e algumas ainda por cima com glitter.