sábado, 25 de agosto de 2012

O exótico hotel Marigold


Eu pagaria para ver este elenco recitando "batatinha quando nasce...". O time de primeira grandeza de atores veteranos do teatro inglês (que nós conhecemos através do cinema) de O Exótico Hotel Marigold (The Best Exotic Marigold Hotel, 2011) é a grande atração deste filme repleto de momentos deliciosos. 

Cada um dos personagens é uma pessoa marginalizada pela família e pela sociedade que parte para a India para se hospedar em um hotel de alto luxo para a terceira idade, e chegando lá percebe-se vítima de propaganda enganosa em um hotel velho caindo aos pedaços. E aí está a grande sacada: o hotel é exatamente como eles. Já teve seus dias de glória e agora aos olhos dos outros é apenas uma estrutura velha que não serve para mais nada. Mas eles sabem que a estrutura velha - tanto a do hotel quanto a deles próprios - é muito mais do que os olhos podem ver.

As descobertas que cada um vai fazer no novo continente tecem uma história gostosa e inspiradora. Tem até um personagem que se revela gay à busca de um amor interrompido no passado, numa trama que chega a ser tocante.

O Exótico Hotel Marigold deve ser saboreado com reverência, como a um vinho fino.

3 comentários:

Oliveira Santos disse...

Nossa este filme deve ser maravilhoso, muito interessante e reflexivo, vou ver sim, vale mesmo a pena, e deve ser muito divertido por causa das situações, nossa se fosse no tempo da Rainha Vitória aí sim este hotel seria um LUXO mesmo!!!!!
Gostei da dica valeu!!!!

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

sabe de algum site para baixá-lo?

Anônimo disse...

tinha tudo para ser um filme melhor, nao é ruim, mas tb nao é mara,,,,