sábado, 6 de abril de 2013

Cara a cara

A igualdade do casamento, os direitos dos casais homossexuais, o combate à homofobia. Já estão lançadas as bases para o próximo grande avanço nos direitos humanos no Brasil. O debate ganha força agora, impulsionado pela pressão dos religiosos fundamentalistas, e deve atingir momentum máximo no decorrer do próximo ano conforme nos aproximamos das eleições.

As figuras públicas, e principalmente os políticos, vão ter que definir que apito tocam. Não vai dar mais pra ficar em cima do muro.

Todo eleitor vai precisar saber de que lado da História se posicionarão seus candidatos. A pergunta é simples: você é Joelma ou Daniela?





9 comentários:

Anônimo disse...

Gostei ~do "o amor nos tempos de Feliciano". Nem todos entenderão a referência ao livro rs.

Anônimo disse...

Por razões óbvias não seria preciso dizer, mas mesmo assim, para que não reste dúvidas: eu sou Daniela.

E ponto.

Lucas T. disse...

<3

Anônimo disse...

É isso aí, tá na hora dos pró e contra mostrarem a cara, até mesmo pra esses ataques de golpe baixo virarem debate sério. Enquanto ficarem colunista e político dando tapa e assoprando, os a favor não sabem de onde vem a oposição ao casamento igualitário.
Estou muito feliz por mais um artista que eu gosto viver essa liberdade. Lembro que admirei a Ellen DeGeneres pela coragem, depois veio o Nanini, mas Daniela o fez de uma maneira solar!

Cláudio Luiz disse...

Adorei a "pergunta é simples: você é Joelma ou Daniela?"
Realmente joelmas não levarão o meu voto.
Se bem que, como morador do Rio e já eleitor do Jean, vou repetir o meu voto. Espero que ele não leve adiante a ideia de não se candidatar.

Margot disse...

Otimo post. Resumo da semana e diretriz para os proximos meses.
Bjao

CriCo disse...

Chupa Joelma!

Oliveira Santos disse...

E ainda completo o que o CriCo disse:
Chupa Joelma e Infeliciano!!!!

Sidney Gaga disse...

ditadura do [já em gestação] estado teocrático dos protestantezinhos de mérda! a civilização judaico-cristã agradece! app o Lucas T. é lindo/tesão