sábado, 24 de agosto de 2013

Em nome da mãe


De repente a Rússia virou a bola da vez na luta contra a homofobia e pouca gente está entendendo porquê. Maju Giorgi, a mãe que venceu o preconceito e hoje é uma defensora ferrenha do próprio filho gay e ativista incansável, e que descreve suas experiências no excelente blogue Mãe pela Igualdade explica direitinho:
Porque quando ouvimos que por 40 dólares ou menos supostamente se organizam SAFARIS para CAÇAR pessoas LGBTT, torturar, humilhar, e postar os filmes como troféus, não da para calar. E se fosse o seu filho? 
Numa época em que o Rei da Espanha quase foi linchado por caçar animais, o mundo vai calar enquanto seres humanos estão sendo caçados? O mundo está esperando o quê para boicotar essa Olimpíada?? Que se empalhe a cabeça de algum menino gay e pendure na parede?

Leia em Boicote Sochi.

3 comentários:

Oliveira Santos disse...

O quê os organismos internacionais estão fazendo a respeito??? Isto é um crime ao ser humano, chocado mesmo com tanta violência!!!

railer disse...

lamentável mesmo o que está acontecendo na rússia.

precisamos mesmo agir para que isso não contamine outros lugares.

luciano, entre no blog da 'mãe pela iguadade', cujo link você forneceu, e veja o absurdo do comentário que foi colocado lá...

Anônimo disse...

Auschwitz 2.0