quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O Anjo Preto de Colonia


Durante nossa visita a Colonia del Sacramento, no Uruguai, há um ano atrás, caminhávamos pelas ruas de casas antigas do centro histórico quando fomos abordados por um senhor na entrada de um restaurante anunciando os pratos da casa. Foi só quando nos aproximamos mais e prestamos mais atenção que nos demos conta que se tratava de uma mulher de jeito meio masculino. Ela tinha um jeito tão simpático que convenceu a nós quatro - eu, minha irmã, minha prima e o Mr. Ed - a entrar. E foi assim que conhecemos o Anjo Preto.

Anjo Preto (o nome é assim mesmo, em português) é um restaurante pequeno, todo controlado por mulheres, com uma decoração super transadinha e uma comida pra lá de especial. Eles servem frango em cubos com molho de mel, raviolones recheados de salmão em molho de alcaparra, e outras comidas de virar os olhos. E entre as várias sobremesas eles têm a Copa Anjo Negro que é uma taça grande forrada de pedaços de bolacha champagne cobertos com uma camada de sorvete de creme, doce de leite quente, nozes e castanhas, rum, mais sorvete, terminado com pedaços de banana e morangos. Mas a principal lembrança que a gente leva é a simpatia da garçonete e da gerente.

Hoje voltamos lá, exatamente um ano depois. A mesma gerente, a mesma garçonete, a mesma comida deliciosa, a mesma simpatia. Eu gosto muito de revisitar lugares que já conheço. Gosto da sensação de conforto que a familiaridade traz.

4 comentários:

o Humberto disse...

Amo Colônia. Tenho lembranças difíceis de minha estadia lá, mas a beleza da cidade supera qualquer coisa. Não vejo a hora de voltar (e conhecer o Anjo Preto).

Abrazos meu caro!

Rafa disse...

Faltou Colônia na minha primeira, espero de muitas, viagens a B.A. ano passado. Mas irei, oh se vou!

Bj

Salum H. disse...

Fiquei curioso para conhecer o Anjo Preto.

Cara Comum disse...

Muito bacana isso de se sentir bem em lugares que nos acolheram bem no passado, não é? Abraços!!