quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Sopa do mal


Nos últimos anos tem se intensificado bastante a discussão sobre a proteção aos direitos de propriedade dos materiais divulgados pela Internet. A discussão é impulsionada principalmente pelos maiores interessados: os grandes conglomerados produtores de notícia e a indústria do entretenimento (que produz filmes e música).

A Internet alterou paradigmas estabelecidos há anos. Por que eu pagaria pela assinatura de um jornal quando tudo o que eu preciso ler eu obtenho de graça na Internet? Por que eu pagaria 9,99 dólares na iTunes Store pelo excelente disco Nó Na Orelha (do Criolo) quando o próprio site do cantor oferece o disco para baixar de graça?

A indústria produtora de conteúdo ainda não percebeu que os modelos utilizados antigamente para proteger conteúdo estão falidos e precisam ser revistos para a nova realidade. Em vez disto, continuam insistindo na manutenção do modelo antigo enquanto usam de truculência para tentar impor seus métodos, como através do forte lobby para aprovação das leis conhecidas como SOPA (Stop Online Piracy Act) e PIPA (Protect Intellectual Property Act). Estas leis, se aprovadas, poderiam significar o fim do YouTube ou da Wikipedia, por exemplo, pois dariam direitos quase ilimitados aos grandes conglomerados da indústria da informação e do entretenimento para fechar sites suspeitos de conter conteúdo protegido.

É contra a iminente aprovação destas leis que a Wikipedia e muitos outros sites estão protestando hoje, apagando a luz de suas páginas por 24 horas. Junte-se a eles e divulgue esta causa. Por uma Internet livre. 

5 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

é por aí mesmo ... democratização da informação e dos conteúdos ... q reformulem os paradigmas ...

Frederico disse...

por mim a wikipedia poderia ficar fora do ar para sempre, afinal esse site é um lixo com várias informações distorcidas

Lobo disse...

Acho que o pior de tudo é ver que o poder de decisão está todo nas mãos de gente que tem uma relação muito esparsa com a internet.

Anônimo disse...

Eu discordo de você, pois é só pesquisar direito que você acha informações muito interessantes no wikipedia.

Cara Comum disse...

Pois é. O mundo precisa seriamente repensar em como estabelece suas relações, suas leis, etc. Em todos os setores!

Abraços!!