sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

As voltas que o mundo dá


Esta foto celebra o encontro ocorrido ontem na Casa Branca, quando David Hall foi oficialmente recebido pela primeira dama Michelle Obama. David Hall arriscou a vida pelo país servindo nas Forças Armadas, mas foi exonerado quando descobriram que era gay. Em 2010 David Hall escreveu uma carta ao presidente Obama relatando toda a angústia e frustração pela interrupção da carreira militar brilhante que ele conduzia com orgulho.

O encontro de ontem com a primeira dama foi para confirmação do convite feito para que David Hall participe da festa da posse como convidado especial do presidente como um dos oito integrantes da mesa durante a solenidade do juramento.

Na próxima segunda-feira, durante a posse, uma série de pequenos e importantes detalhes mostrarão o empenho pessoal do presidente Obama em corrigir erros históricos e apagar a vergonha do país por tratar seus cidadãos gays de forma injusta, cruel e preconceituosa. Virá o dia em que as grandes religiões terão que passar pelo mesmo mea culpa, quando tentarão apagar as manchas do passado que certamente deixarão uma nódoa vergonhosa em suas histórias.

5 comentários:

Margot disse...

Sempre me sinto bem quando leio seus posts com notícias tão boas. Que esse dia chegue logo Luciano.
Que essa mea culpa venha e carregue com ela para o esquecimento, essa gente pobre de coração e mente.

Beijos

Lucas T. disse...

E vai vir mesmo, assim como foi com o racismo e outras milhares de atrocidades cometidas. Varrer pra debaixo do tapete é especialidade das religiões.

Alex disse...

Esta família presidencial ficará para a História.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

DIGNIDADE é a marca dos Obama[s]

railer disse...

muito bacana isso.
e que exemplo!