sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Chávez subiu no telhado

Acho que já não resta dúvidas que o presidente Hugo Chávez está vivendo os últimos dias de vida. Talvez até já esteja morto enquanto a cúpula do país ensaia o melhor jeito de trazer a notícia ao público.

Uma doença terminal implacável consome toda a família e os amigos e não há palavras para descrever a dor de se ver a pessoa morrendo aos poucos dia a dia. Mas eu acho ainda mais triste a decisão, nos dias de hoje, de fingir que nada está acontecendo e de vender uma falsa imagem de saúde para que Chávez pudesse vencer mais uma eleição. Sabendo que tinha poucos meses de vida, não teria sido mais digno recolher-se, programar a transição do país sem se envolver muito, passar os últimos dias com o conforto da família?

É normalmente muito triste o fim dos que se julgam imortais na sua sede de poder e conquista.

8 comentários:

Margot disse...

Admiro seu bom-senso. E concordo, é muito triste ver uma pessoa acabar dia-a-dia....
Só quem passa ou passou, sabe realmente o quanto dói.
Abraços

Anônimo disse...

Ia comentar o post abaixo, mas esse tem tudo a ver. Objetos, situações, técnicas, até mesmo o poder, tudo muda. Só permanecem iguais o nascer, o desejar, o amar e o morrer, e apenas esse último é definitivo e certo pra todos.
Acho que o sintoma dos ditadores gira em torno disso. E as ciências da mente estão devendo à humanidade mais investigações sobre o mesmo, visto que causa estragos incomensuráveis.

Dimas disse...

Existindo a possibilidade de isolar todo o sofrimento dele e dos familiares - quero dizer que:

- CHAVES, FODA-SE !
JÁ VAI TARDE!
CORRUPTO, DITADOR, ESCROTO!

ivan disse...

o fato é que muitas pessoas, quando estao morrendo, se apegam àquele resto de vida para tentar fazer tudo, ao máximo. É o medo de ir embora, é a sensação de não ter feito o bastante em vida, de ver o tempo se esgotar. Não sou nem um pouco a favor do Chavez, mas entendo porque alguem na situação dele queira ser presidente. Se ele já queria antes, com a doença então passa a querer mais ainda.

ivan

Anônimo disse...

Dimas, isso é coisa que se diga? Isso é forma de dizer uma coisa dessas? Que modos! Faça como os franceses e peça sempre licença com uma expressão polida:
'Chavez, por favor, foda-se! Queira me desculpar, mas já vai muito tarde. E não me leve a mal, mas você é um porco corrupto, ditador imundo e escroto do caralho.'

Anônimo disse...

Aproveita e leva o demônio de nove dedos junto!!!!! Ambos já vão tarde, resultado de fome de poder e ganância infundada, caixão não têm gaveta!!!!!

Douglas faney disse...

olá amei seu blog e as postagens dele segue o meu blog aí que já estou seguindo vc
http://cravosqueamamcravos.blogspot.com.br/

Margot disse...

Luciano?? sumiu? rs
abraços