terça-feira, 12 de março de 2013

Às armas!

E de repente nós brasileiros descobrimos a força da mobilização e do protesto iniciado pelas redes sociais. Meia hora depois da descoberta de um vídeo da safadeza mais recente do pastor racista homofóbico Marco Feliciano e o material já está sendo replicado nas redes sociais, disseminado na velocidade da luz. Abaixo-assinados virtuais ganham destaque até na imprensa estrangeira. Tentativas de reverter a situação acabam saindo pela culatra. A mobilização ganha as ruas até mesmo nas cidades do interior.

Em Brasília os políticos já estão acostumados a fazer ouvidos moucos para a voz da sociedade, mas de repente o barulho subiu. E ficou alto demais para ser ignorado.

3 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

é por aí! às armas e a vitória vem ...

Margot disse...

Apesar de ser "ativista de sofá"...eu acho que tudo vale.
É de dentro de nossas casas que podemos mudar as coisas, já que, quem colocamos lá pra isso, não o faz.
Abraços

railer disse...

muito bom!