sexta-feira, 1 de março de 2013

Salve geral


Salve Jorge não é de todo ruim. Começou chata, com personagens demais, mas depois engrenou uma trama policial interessante sobre tráfico de pessoas que está sustentando o folhetim. O problema são as incoerências, os vilões caricatos, os furos gigantescos e óbvios que irritam quem tenta acreditar na história. Os escorregões são tantos que a novela está correndo o risco de virar cult. Aquela velha história do 'tão ruim, mas tão ruim, que fica boa sem querer'.

Mas a próxima jogada de Glória Perez deve ser uma tremenda bola dentro. (alguém sabia que o nome da personagem é Joyce?), a auxiliar da delegada, faz a linha masculinizada. É feita pela Thammy Gretchen, que é lésbica assumida. Pois na história a vai precisar se infiltrar entre as garotas traficadas e para isto precisará se passar por mulherzinha feminina e graciosa para ser assediada pelos chefões do tráfico.

Thammy Gretchen já posou para a revista Sexy e fez bonito. A insólita transformação da personagem tem tudo para ser convincente. Pelo visto até agora, quem deve continuar com cara de travesti é a Cláudia Raia.

5 comentários:

Lucas T. disse...

<3 Cláudia Travesti Raia. Mas nem vejo a novela. Pavor da Glória Perez.

Lucas disse...

Cláudia Raia, como diria Natalie Lamour, é um viado honorário, só que com a sorte de já ter nascido operado.

Margot disse...

Tomara que dê certo... a paciência ta no fim...
abraços

Oliveira Santos disse...

Assisti os primeiros capítulos, e depois desisti, sinceramente esta novela não emplacou mesmo!!!! Uma reprise neste horário de uma novela antiga faria muito mais sucesso!!!!

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

eu ri!!!