sábado, 26 de maio de 2012

Como num videclipe


Mais e mais casais homossexuais estão pensando em se unir e compartilhar a alegria com os amigos. E uma diferença entre os casamentos tradicionais e os casamentos gays tem saltado aos olhos. Saem as cafonérrimas fotos posadas do casal de braços entrelaçados com a taça de champanhe e cara de paisagem vencida, e entram os videos descontraídos feitos por videomakers descolados.

O vídeo abaixo não é um comercial de perfume. É de verdade, o vídeo do casamento de István e Tamás, realizado em Budapeste no ano passado. Um vídeo que dá para compartilhar com a família e os amigos e ver, ver, ver... sem se cansar.

8 comentários:

Dino Costa disse...

adorei.

Freddie Butterman disse...

Lindo lindo lindo demais esse vídeo. Gostei de verdade. Deveria haver mais exemplos como esse.

Abraços

wair de paula disse...

Ainda bem q vc postou este vídeo, eu esava me achando uma versão com barba da Marcia de Windsor dando nota 10 paa tudo o que vc escreve...pelamordasanta, que video cafona! Da daminha jogando petalas no chão ao figurino com detalhes invertidos do casal, mais a "sutil" suposição da masculinidde exarcebada do rapaz no inicio do filme, eu achei exatamente a antítese do que vc afirmava. Mas que elas são poderosas,isto é indiscutivel.

Anônimo disse...

WOW, tb quero um assim xxx (adorei o "cara de paisagem vencida")kkk

[ joe ] disse...

lindo mesmo, e definitivamente um formato diferente de video de casamento, o resultado ficou otimo.

[j]

Margot disse...

Sabe Luciano, gostei mais de um vídeo que vc mostrou a algum tempo atrás. Esse de hoje ficou realmente meio forçado... mas enfim, foi um sonho e uma vitória realizados. Isso não podemos discutir.
Abraços

Anônimo disse...

???? hein? a cafonice não tem mesmo fronteiras... (Bruno)

Well | Castro disse...

Com certeza a Margot está falando do video de casamento do Patrick e do Scott e assim como ela também gostei mais desse video, é mais simples, mais poético... Mas esse do István e Tamás também tem sua beleza, é muito bem produzido!