sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Ainda dá pra piorar muito

Você provavelmente não conhece o senhor da foto aí do lado. Trata-se de Irapuan Teixeira, deputado federal pelo estado de São Paulo. Entre os projetos apresentados por ele está tornar a Bíblia leitura obrigatória no ensino médio. Ah, tem mais: ele também apresentou um projeto de lei tornando obrigatória a retirada de um dos órgãos duplos, como pulmão ou rim, de presidiários para fins de doação.

E daí você se pergunta como uma pessoa assim consegue se eleger deputado. É mais fácil do que parece. Irapuan Teixeira foi eleito com apenas 673 votos - bem menos do que a população do meu bairro.

Isto é possível pelo sistema de eleição partidária proporcional vigente atualmente no Brasil que se baseia no quociente eleitoral. Um deputado muito bem votado consegue 'puxar' votos para o partido e carregar consigo para o Congresso Nacional outros deputados com poucos votos. Irapuan Teixeira era do PRONA e foi eleito no vácuo da votação maciça recebida pelo candidato Enéas Carneiro em 2003. Outros 3 candidatos foram 'puxados' por Enéas naquela eleição, inclusive o deputado Vanderlei Assis com apenas 275 votos. Na mesma eleição o candidato Jorge Tadeu do PMDB teve mais de cem mil votos e não se elegeu.

O Enéas da eleição atual é o palhaço Tiririca. As últimas pesquisas projetam que o palhaço deve atrair mais de 1 milhão de votos e levar consigo para o Congresso Nacional outros candidatos que não passam de cancros abjetos. Tiririca mente quando diz que pior que está não fica. Ainda dá para piorar muito.

5 comentários:

Daniel disse...

O único consolo é que no caso dele, o partido está coligado com outros maiores e o quociente eleitoral se dissipa entre mais candidatos, talvez mais relevantes.

Aliás, outro caso famoso disso foi aqui no Rio, eleições de 1998. Lindberg Farias ainda no PSTU recebeu voto pra carai' e não se elegeu deputado. Por isso que hoje ele aprendeu a lição e é do PT (e já até passou o Crivella na disputa pelo Senado)

ADRIANO disse...

Vejam só o tenro coração cristão de Irapuan Teixeira que consegue abrigar o ensino do cristianismo obrigatório para o "suposto bem" de todos e também práticas que remetem ao regime nazista em relação aos detentos...

Quanto a essa regra do quociente eleitoral pra mim é oportunista,conveniente e antidemocrática pois coloca no poder quem justamente teve índice baixo de votos.
É uma porta aberta para muita gente nociva e sem a mínima qualificação para exercer o poder.

Paulo Braccini disse...

Pode ter certeza ... dá para piorar muito ainda ... e vai ...

bjux

;-)

[ joe ] disse...

Não consigo com uma absurdice dessa. só pode ser sacanagem isso.
E realmente, a situação tem potencial pra piorar.

[j]

SILVI disse...

Esse cara é um farsante, ladrão, oportunista, merecia estar preso.