sábado, 23 de abril de 2011

Home alone

Eram 9 e meia da noite ontem quando resolvi fazer um telefonema e, ao perceber minha voz meio rouca e grave, me dei conta que estava falando as primeiras palavras do dia. Passei o dia todo só, curtindo uma preguiça imensa e colocando alguns trabalhos em dia - mas dando mais prioridade à preguiça do que ao trabalho.

O Mr. Ed está viajando desde o início da semana, participando de um campeonato de natação em Campo Grande, MS - só volta depois da Páscoa. Meus pais e minha irmã desceram para a praia no final de semana passado e resolveram esticar a semana toda. E os amigos parece que estão todos passeando pelo facebook, anunciando a cada meia hora sobre os lugares hiper fantásticos, maravilhosos, mega, hiper, blaster esplêndidos dos quais eles entram e saem rapidinho o suficiente para tirar uma foto e postar na rede. E eu, às 2 da tarde ainda estava só de cueca sentado na frente do computador em estado quase catatônico.

Nada disto deve ser lido como uma reclamação. Adoro minha companhia e sinto que sou correspondido. Também adoro curtir preguiça e desconfio um pouco daquelas pessoas que acordam elétricas e saltitantes às 6 da manhã.

Mas hoje me bateu uma puta saudade. Saudade de ouvir aquele barulhinho familiar vindo da cozinha junto com aquele cheirinho de café passado na hora, e de gritar do sofá "já vai começar!" ao final do intervalo comercial.

14 comentários:

Lucas T. disse...

Que lindinho esse post. E a parte dos amigos que vivem no FB postando fotinhos dos lugares fantásticos que eles estão de minuto em minuto - quem não se identificou?

Já cansei de, ao perguntar da respectiva viagem a algum amigo próximo dps que ele retornou, ouvir que foi uma merda, que fico 10 horas numa fila, que derramou vinho no vestido branco, que fulaninho era um saco, e outros mil contratempos que raramente são compartilhados no Facebook.

Rodrigo disse...

Menino, não estou muito diferente não. Fiz uma viagem-zinha e ja estou de volta, e hoje tirei o dia para fazer uma limpeza por cima, tipo organizando, saiu um saco de lixo enorme que ja desisti na metade hehehe

beijos, queri!

Dimas disse...

Pois é , Mr. Ed sempre viajando, mas por um lado é bom, né Luciano, tem a saudade e a volta.

Alexandre Uhoton disse...

Olá: BOA PÁSCOA pra ti! Abraços!

Papai Urso do Interior disse...

Tb gosto de solitude q não é o mesmo que solidão. Viagem-farofa, nada a ver, como vc disse é uma espécie de maratona cronometrada, rsrsrs...

Rodrigo disse...

Também estou sozinho nesse domingo de Páscoa. E também com saudades. Hehe.

Lobo disse...

Também estive embarcado nessa vibe meio solitária nesse. Mais forçada do que desejosa, mas nem me fez bem.

Mas a gente sobrevive. É bom que sobra tempo para refletir algumas coisas...

Diego disse...

Eu fiquei aqui, lendo, escrevendo, dormindo. E adoro essa parte do "e sinto que sou correspondido". Me identifico total.

Jota Farr disse...

Adoraria te dar colinho!

CIELLO disse...

Ai ai.... sei como é!!! ele volta logo! bjo grande e sinta-se abraçado por todos nós que passamos aqui diariamente!!

Daniel disse...

Que inveja (boa) de vocês casados. eu devo ser o único de 29 que não queria estar solteiro no Rio de Janeiro.

Caju disse...

E saudade é boa quando é assim...

Alexandre Chuchuan disse...

Adoro ficar sozinho tbm, em dia de folga as vezes nao atendo telefone e so quero ficar na cama vendo filme e lendo...ahhhh e entrando em blogs para ver o que tem de interessante, como faço no seu todo dia...
Bjooooosssss Lú

Roberto Camargo disse...

Que lindo, Luciano! Adoro a parte do cheiro de café vindo da cozinha... Tb sou preguiçoso e adoro ficar comigo...