sábado, 16 de abril de 2011

O homopride escapou do armário

Torcida do Vôlei futuro se coloriu de rosa em apoio a Michael
Ele era um bichinho esquálido, feinho, fraco, que morria de vergonha de si mesmo. Foi trancado em um armário e todos se esqueceram dele. Mas, de repente, o homopride chutou a porta do armário. E, para surpresa de muita gente, o homopride tinha virado um bicho enorme, um dragão devorador e faminto, com muita fome pelos vários anos em que foi obrigado a viver trancado.

Tem muita gente por aí assustada e com medo - não imaginavam que o bicho pudesse ter se transformado nisto. Daí aparece um deputado boçal e nazista e um jornalista engraçadinho crentes que o homopride ainda é aquele bichinho insignificante e levam um baita susto com a chama do dragão que lhes chamusca até o último pelo do fiofó.

 

Tem também aquela doceira da Alameda Campinas que expulsou no ano passado dois caras que se beijavam, exatamente o mesmo que aconteceu em um pub de Londres esta semana. Em ambos casos o homopride surgiu furioso e disposto a comer muita gente. Comer no sentido de destruir, não no bom sentido. O vídeo mostra a manisfestação na porta do pub londrino ontem à tarde.

Nós que acompanhamos o crescimento do homopride sabemos que ele virou o que é graças à união de todos nossos semelhantes, nossos amigos, e nossos familiares. E que ele está cada vez mais forte e com mais fome e sede. Por isso eu queria avisar para estes deputados bundas, estes jornalistas engraçadinhos, e estes bispos insignificantes: o homopride vai te comer!!!! E não é no bom sentido.

5 comentários:

TONY GOES disse...

Rica Perrone é só mas um exemplo de umfenômeno crescente: os héteros estão assustados, nunca viram gay reagir. Sempre apanahmos calados, tínhamos medo da repercussão. Agora revidamos e eles se espantam, como assim?? "Menos, bem menos"! Não, seus idiotdas, mais, muito mais, vão se acostumando.

David ®... disse...

concordo com vc e com o Tony acima...bater em um só sempre foi fácil...agora vem bater em todos nós, vem?!?!?

abs

Lobo disse...

Pois é. Uma hora iamos chegar no breaking point. E se não chegamos, olha, estamos beeeeem perto...

Papai Urso do Interior disse...

Só vai fazer eco nos hipócritas de Brasília quando for um stonewall à la brasiliana, infelizmente... Assisti começo do mês programa sobre PLC-122, não lembro ao certo se na TV Senado ou TV Camara, com Marta Suplicy (de SP) e dra. Maria Berenice Dias (do RS), desembargadora aposentada e especialista em Direito Homoafetivo, ambas disseram o que penso: sem mobilização eles [ratos de terno do legislativo] nada fazem naquela casa, às vezes é necessário uma desgraça grande para que possamos ser ouvidos. Por exemplo, o biruta do bullying em Realengo já fez Sarney pensar (de novo) em dificultar acesso p/ civis portarem suas armas, mas PLC-122 que é bom eles vão levando em banho-maria, tudo f.d.p., tudinho, ódio dessa gente eles sim mereciam os tiros que aquelas crianças receberam.

Rafa disse...

Nossa... esse seu post me deixou muito feliz!

Bj