sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Pai, eles não sabem o que fazem

Começam a emergir os detalhes cruéis dos assassinatos do modelo Murilo Rezende e de seu amigo Eugênio Bozola ocorridos na última terça-feira em São Paulo. Murilo estava hospedado no apartamento de Eugênio, de quem era amigo, enquanto realizava trabalhos na cidade - e os dois foram dopados e mortos a facadas por uma terceira pessoa.

A polícia ainda não concluiu as investigações, mas até o momento há fortes indícios de mais um crime motivado por homofobia. Eugênio era gay, e sua relação com Murilo, que não era gay, era de amizade. O assassino deixou a inscrição "viado" gravada em sangue na parede do local. Monitorando o Twitter do principal suspeito a polícia encontrou a mensagem "ainda bem q homofobia não é crime kakaka" postada há algumas semanas.

Tudo isto é cruel demais. A morte trágica de um rapaz de 21 anos com um futuro tão brilhante pela frente, a morte do amigo gay, a loucura de um assassino perturbado pela insensatez espalhada pelas religiões e por políticos homofóbicos. São declarações como as de Myriam Rios, Silas Malafaia, Bolsonaro, Magno Malta, Papa Ratzinger, e tantos outros, que criam monstros como estes. Está na hora de as religiões começarem a pagar sua culpa neste processo tão odioso.

24 comentários:

Daniel disse...

O Murilo não era gay? Oi? Eu perdi alguma coisa?

Luciano disse...

@Daniel:
Eu não o conhecia pessoalmente e apenas escrevi o que lí nos jornais. Mas se ele era ou não gay não faz muita diferença na história. Continua chocante e triste demais.
Abraço!

Luciano disse...

Aliás, mesmo que ambos fossem gays e tivessem contratado o assassino para sexo pago, a história continuaria exatamente a mesma e não seria nem um pouco menos chocante. Não há desculpas para a homofobia.

S.A.M disse...

Não é a toa que o mundo se seculariza tanto e cada vez mais depressa.

Quando li a ultima pesquisa do IBGE informando o surgimento de um numero expressiovois de "evangélicos sem denominação" é porque nem eles estão aguentando essa palhaçada toda.

Abração.

Dan disse...

então foi isso? parece que o cara estava hospedado lá não estava?

FOXX disse...

pois é, as coisas tem aparecido, mas agora eu qro ver se os jornais vão fazer essa associação e mostrar o qnto os heterossexuais tb estão correndo riscos com a homofobia.

Anônimo disse...

O preconceito é tão fodástico, que todos, inclusive os gays, acham estranho um homem heterossexual(e lindo!) está morando junto a um gay, em razão de um relação de amizade.
E isso para mim, demonstra a complexidade da situação.
Abs.,
de Salvador/BA

Ro Fers disse...

Eu fiquei admirado com a brutalidade do crime...
Expressa puro preconceito...
Infelizmente muitos morrem em decorrência de "possíveis motivos homofóbicos"...

Anônimo disse...

Ninguém acha estranho um modelo que passou pelas mãos do Sergio Mattos (40graus) morar com um coroa. Aliás, pelo contrário, quem conhece essa turma sabe que são todos amigos e tudo é só por amizade mesmo. Agora vamos definir amizade pois é um conceito tão elástico.

Paulo Braccini - Bratz disse...

até quando?

CriCo disse...

até quando? [2] :~(

marcelo disse...

Pra que discutir isso, conceito de amizade, se é amigo, se mora, se não mora com corao,se é amante... isso não tem a menor relevância para ninguem!!! O crime é brutal, e não tem explicação! Fossem ou não gays, fossem ou não amantes, o que tá na cara, é a motivação homofóbica (ao que parece, o suspeito fingiu ser gay, mas por dentro nutria esse ódio homofóbico, mas divago... não tenho certeza se foi isso mesmo...). Certamente as igrejas e os pregadores fanáticos homofóbicos devem ser responsabilizados sim... Falta o que agora? Se prenderem o assassino ele vai virar alguma espécie de mártir no dia do orgulho heterossexual, é isso??

Aliás, essa é uma boa oportunidade para explicar para aqueles que não entendem: ENTENDERAM AGORA PORQUE QUE TEM QUE TER DIA DE ORGULHO GAY E NÃO PRECISA TER DIA DO ORGULHO HETERO???´É por isso - porque não tem nenhum psicopata com raiva de hetero simplesmente pelo fato de ser hetero, a ponto de matar. FICOU CLARO AGORA, OU PRECISA DESENHAR, OU QUEM SABE MORREREM MAIS ALGUNS GAYS???

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Um absurdo. Que mundo é esse.

O Falcão Maltês

Dino Costa disse...

Concordo em cada palavra. Se as religiões não estivessem espalhando o ódio a LGBT, esses crimes não ocorreriam.

Anônimo disse...

A midia destacou amplamente a homossexualidade deles, como se isso fosse determinante para o crime. Sou gay, divido o ap com um amigo hetero e volta e meia hospedo amigos do interior, se isso ocorresse comigo, imediatamente meu amigo seria taxado como meu companheiro gay pela midia sem nem ao menos averiguarem, um absurdo, exporiam os filhos e a esposa a comentários maldosos, ou seja pelo fato de eu ser gay automaticamente quem mora comigo também é?????

Anônimo disse...

O cara vai lá, dopa os dois, mata a facadas e a culpa é do Papa, do Silas Malafaia, do Bolsonaro, da Miriam Rios e do crescimento do números de evangélicos no Brasil? Em que mundo vc vive? Essa pessoa é um assassino que, assim como cometeu esse crime, pode cometer vários outros simplesmente por MALDADE. Não glamurize um delito gravíssimo apenas para reforçar suas crenças em uma causa. Ponto de vista tão estreito e preguiçoso quanto de alguém que condena as vítimas pelo fato de serem homossexuais e terem feito uma festinha de embalo. Sabe aquela velha lenba lenga do "castigo de Deus"? A Cleycianne escreve em outro blog.

Luciano disse...

@Anonimo acima:
Você realmente não entendeu nada.

marcelo disse...

@Anônimo acima:
Você realmente não entendeu nada. [2]

Anônimo disse...

@Anônimo acima:
Você realmente não entendeu nada. [3]

Papai Urso do Interior disse...

Anonimo: evangelicos matam direta e indiretamente. Não ter sangue nas mãos não significa ausencia de responsabilidade, lavagem cerebral (pro bem e pro mal) foi, é e continuará sendo o pilar que mantém as igrejinhas caça-níqueis de pé disseminando ódio a todo vapor, que ninguem, ninguem mesmo se esqueça disso.

Cara Comum disse...

Gente, não falem que "os evangélicos" são culpados disso não.

Porque a homofobia vai além dos evangélicos. A igreja católica, por exemplo, também é fortemente homofóbica, sabiam?? Vide Miriam Rios... Tal igreja só não é levada muito a sério pela maioria dos próprios praticantes. Porém, já vi católicos mais ferrenhamente homofóbicos que evangélicos e que, num nível mais sutil, promovem bastante a homofobia.

Seria mais preciso dizer (até para reconhecimento dos verdadeiros "adversários") que grande parte da culpa é dos religiosos fanáticos que fazem esse tipo de lavagem cerebral homofóbica.

E, juntando o comentário do Luciano e do Papai Urso do Interior, não tem desculpa para a homofobia (em qualquer grau) e não ter o sangue nas mãos não significa ausência de responsabilidade. Já pararam pra pensar que o mandante do crime pode ser preso??

Tão cruel (mas não tão impactante aos olhos dos outros quanto um crime violento) é aquela homofobia que resulta na morte psicológica do indivíduo que só encontra ao seu redor rejeição, aspereza e que então passa a acreditar que ele realmente é essa tal "aberração", que nem Deus gosta dele, o que muitas vezes o conduz ao suicídio.

Triste, mas esse é nosso retrato. O retrato da sociedade que nós fazemos no nosso dia a dia.

Abraços indignados!!!

beto disse...

em geral não gosto do que o andré fischer escreve, mas, no caso desse assassinato, acho que a visão dele está muito mais próxima da realidade (que é muito cruel mesmo, mas temos que lidar com ela) do que a sua interpretação... pois tb tenho amigos que, por carência e fixação em juventude, se metem nestas furadas. só que felizmente, até agora, nenhum encontrou um psicopata:
http://mixbrasil.uol.com.br/blogs/andre-fischer/2011/08/27/gay-50ao-carente-isca-facil-para-psicopatas.html

Anônimo disse...

Hoje vendo o programa da Sônia Abraão cheguei a conclusão que o cara que prenderam tinha caso com o cara mais velho dono do apto, e por ciúme ele matou ele e o modelo que por azar estava no apto dele o mais velho, eles foram topados, como pode um fazer isso tudo? Os dois eram fortes, mesmo o modelo sendo homo ou não deu um azar danado, o cara que prenderam deve ser um psicopata mesmo, tipo aquele personagem do Leonardo na novela insensato coração. Nossa ninguém sabe com quem está se metendo.

Cris disse...

Ei amigos!!! Sabe qual é a realidade, a mais pura verdade nesse caso??? É indubitavelmente uma crise moral de valores como nunca se viu antes!!!! Bebes são jogados em lata de lixo, gays espancados e mortos, pobre sendo explorado e marginalizado,e jovens lindos ceifados; enquanto a sociedade não se voltar para Deus; o ser humano estará fadado a caminhar em densas trevas de ódio e violência até o fim... Voltemos para Deus com lágrimas e vergonha de nosso egoísmo e ele nos perdoará. Abraços.