quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Will Young - Echoes

Da mesma forma que Robbie Williams, e por razões que ninguém sabe explicar direito, Will Young nunca conseguiu emplacar sucesso nos Estados Unidos. Ele é conhecido e adorado na Inglaterra, onde tem uma carreira sólida desde que despontou como o vencedor do programa Pop Idol de 2002. É bonito, simpático, faz um pop muito gostoso, tem uma voz deliciosa, e sempre foi assumidamente gay desde o início da carreira.

Quem está sendo apresentado a Will Young agora não pode deixar de conhecer a belíssima versão de Your Love Is King (original da Sade) que ele canta na trilha sonora de Bridget Jones - No Limite da Razão, e a versão de Light My Fire (original  dos The Doors) presente em seu disco de estreia From Now On.

Na próxima semana Will Young está lançando Echoes, seu quinto álbum oficial, e as chances de estourar também nos Estados Unidos parecem agora mais favoráveis. As 13 faixas do novo álbum são baladas pop assumidamente românticas, muito apropriadas para se celebrar as reconciliações e reencontros que devem se seguir às separações que foram embaladas pela trilha de Adele nos últimos meses.

O disco novo abre com Jealousy, escolhida para primeiro single de trabalho do álbum, que já tem um vídeo bacaninha (abaixo) com imagens ambíguas que só ficam claras para um bom entendedor (para um bom entendido, meia imagem basta). Na segunda música, Come On, eu já estava completamente fisgado e apaixonado.

Will Young - Come On:



13 comentários:

Rafael disse...

Eu nem sei se há um desejo de estourar nos EUA (bom, quem não quer?), mas ele tem uma carreira bem estabilizada na Inglaterra, 10 anos de carreira, o que hoje em dia é bem complicado.
Na verdade o álbum foi lançado nesta segunda-feira, 22, e não consigo parar de ouvir, é muita música boa e está tão bom quanto Let It Go, apesar de Echoes ser mais eletrônico.

O filho da Chiquita. disse...

gostosinho, mas não sei quem é não.
hehe
;)

HELENO SUASSUNA disse...

que delicia! h y p e

Jota Farr disse...

O Robbie Williams não estourou nos EUA porque é muito chato! Se ele estourar literalmente ninguém vai sentir falta.

Cara Comum disse...

Mais um pra lista do povo que eu quero ouvir...

Abraços!!

Anônimo disse...

Bem legal!

Anônimo disse...

Gostei mesmo, a segunda música me senti em um carro tipo Audi conversível voando pelas autobans na Alemanha, nossa voei longe.
Gostei mesmo, tomara que o cara faça muito sucesso.
Parecem músicas de séries, como Smallville ou então filmes dramas.
Pelo menos ele é suceso na Inglaterra, acho que vale mais do nos nos EUA.

Rafael disse...

Viu a performace de Come On no especial dele na ITV semana passada?
http://www.youtube.com/watch?v=SiUZ5VRmHkU

Adorei!

Luciano disse...

@Rafael:
Não tinha visto. Estou assistindo agora e ADORANDO!! Obrigado pela dica.
**

Rafael disse...

Luciano, já viu o clipe?

http://youtu.be/Kgd-b8X3meA

Agora, fiquei mais chocado com o que descobri hoje: Come On é uma cover!

Essa é a versão original: http://youtu.be/vFKJqU6TM_Q

;)

Luciano disse...

@Rafael:
Eu também não sabia que Come On era cover, fiquei surpreso. Mas ficou muito melhor que o original, você não acha?
Também achei linda a versão acústica que vai ser lançada em breve em um single - olhe só: http://www.youtube.com/watch?v=OpjHPN_uuXs
Abraço!
**

Rafael disse...

Com certeza ficou melhor! Não sabia que essa versão será b-side, coisa boa! E o remix do Cahill também ficou muito bom!

Rafael disse...

Saiu o clipe do novo single, Losing Myself. http://youtu.be/c19BbGGJU5E

Pra mim, o melhor vídeo de Echoes. Fantástico!