quarta-feira, 25 de maio de 2011

Cartão postal do Limbo


Eu fiquei um pouco chateado com o fim do mundo na semana passada. Não exatamente pelo fim do mundo, mas por eu ter perdido um evento para o qual eu havia contribuído diretamente. Segundo o pastor Camping os gays estavam entre os principais responsáveis pela ira do todo-poderoso. 

Eu tinha resolvido tirar uma soneca pouco antes das seis imaginando que acordaria com o barulho do terremoto. Quando acordei já passava das sete e meia. Deve ter sido tudo muito rápido. Como eu sou fã de carteirinha de filmes como Os Passageiros, O Sexto Sentido e Os Outros, percebi na hora que tinha morrido e que estava no Limbo e que levaria algum tempo para me acostumar com a ideia. Tudo bem, eu sei que não adianta reclamar. Eu também odeio aqueles personagens que são os últimos a perceberem o que aconteceu enquanto o cinema inteiro já sacou o lance e está bocejando. Gente morta que ainda não percebeu que morreu, se não for um político dinossauro tipo Sarney ou Maluf, ou a reprise de Lost, então é personagem de filme dos anos 90. Totalmente fora de moda. Isola!

Liguei para a casa da minha mãe e foi com um certo alívio que descobri que lá também estão todos mortos. Pelo menos estão no mesmo Limbo que eu. Minha mãe disse que na hora do terremoto estava em pé na cozinha e realmente sentiu tudo tremer. Mas também pode ter sido só mais uma crise de labirintite. Estas têm sido cada vez mais comuns.

Pelo menos aqui também tem Internet, facebook, blogs e sexo. Com a vantagem que não precisa fazer regime. Desde domingo que estou comendo tudo que sempre tive vontade. Porque de uma coisa eu tenho certeza: morto não engorda.

8 comentários:

Cara Comum disse...

Huahuahuahua... Até a Cleycianne já viu que não rolou o tal fim do mundo... Cara na poeira!!

Mas se for pra gente ficar no limbo igual vc descreveu e o "povo eleito" se mandar, talvez não seja má ideia isso do mundo acabar...

Ok, ok... Deixa eu continuar vivendo... Abração!!

CIELLO disse...

nossa... que bacana... também estou no mesmo limbo que tu! e aqui tem blog! aqui tem internet! que limbão!!!! ou será inferno? Sempre digo que eu vou pra lá... pensa... céu? com aqueles anjinhos barrocos tocando aquelas liras insuportáveis?? no way!!!!! i'm going to hell!!!! hehehehe... quem vem??? abraço Peão!

Daniel disse...

Não! O limbo também deixou de existir em 2007. O Papa mandou fechar.

Paulo Braccini disse...

Ri baldes por aqui ... vc é ótimo ... rs

Antonio Carlos disse...

vc é muito bom quando escreve, mas é muito melhor quando viaja

Uomo disse...

Vc's não sabem quem eu encontrei agora a pouco aqui no limbo. É...eu tbm fui arrebatado pra cá... Pasmem, mas vi agorinha mesmo o Rick Martin e o Cristiano Ronaldo passeando com os pimpolhos em um parquinho. Esse limbo é coisa muito chique viu! Como não sou bobo nem nada, convidei os dois pra uma rave que vai ter logo mais aqui pertinho numa boate de nome interessante "Hell". Aparece lá, vai ser babado!
Ah fofoca, em off tá, quem tava louco procurando o céu foi o Bolsonaro... tolinho!

Well | Castro disse...

Genial!
Admiro sua forma de humor!

...Ri baldes por aqui. [2]

Papai Urso do Interior disse...

Hua hahahaha... Rindo alto... No meu caso é inferno mesmo, p/ todo lado q me viro tem crente enchendo paciencia. Minha vizinha acorda religiosamente às 6:40 da matina e já vai logo ligando um maldito rádio a todo vapor com 'louvores a Jesus', como se Jesus precisasse dos louvores dessa gentalha cafona. Reclamei com o dono do cortiço mas ele e 90% da humanidade acham bonitinho tudo q crente diz ou faz: "deixa a irmãzinha, cara, ela podia estar roubando, matando, cheirando e traficando mas no entanto ela só tá louvando..." Eu posso c/ um troço desses?