domingo, 29 de maio de 2011

Nunca te vi, sempre te amei

Eu conheço a Marta Matui há dois anos, desde que ela começou o blog que leva o seu nome. Nossa relação se dava em uma dimensão abstrata que chamamos de blogosfera e nossos contatos aconteciam nas postagens e nos comentários do blog dela e aqui do Muque. Nunca havíamos nos encontrado. Até ontem, quando a Marta veio para o interior para um compromisso pessoal e conseguiu um tempinho para tomarmos um café. Conversamos como pessoas que se conheciam há anos, rimos muito, trocamos histórias divertidas e, é claro, fizemos planos estratégicos para dominar o mundo com nossos blogs.

A situação me lembrou muito 84, Charing Cross Road (que no Brasil virou Nunca Te Vi, Sempre Te Amei), a história verdadeira de Helene Hanff, uma americana que durante décadas trocou correspondência com um livreiro de Londres, com o qual desenvolveu uma linda amizade. O livro virou filme com Anne Bancroft Anthony Hopkins em 1987, e é uma delícia de ver. O nome do livro é o endereço da livraria onde Frank Doel (Anthony Hopkins) era gerente e para onde Helene enviava suas correspondências. Quando estive em Londres em 1989 fiz questão de visitar o local, que ainda é uma livraria, e lá comprei o livro, que guardo até hoje com a nota fiscal de compra grampeada na primeira página mostrando o mesmo endereço do título.

Um dos maiores presentes proporcionados pela vida na blogosfera é justamente a oportunidade de fazer novas amizades e conhecer pessoas interessantes e encantadoras. Já  Helene Hanff e Frank Doel não tiveram a mesma sorte. Quando ela finalmente conseguiu ir a Londres Doel já havia falecido.

11 comentários:

Daniel disse...

Ah, vá. Você está pertinho dos demais blogueiros de SP. Mais perto do que eu.

Qualquer dia eu passo de novo aí em SJK. Já te falei que tenho parente aí.

Luciano disse...

@Daniel,
Vou considerar isto uma promessa!

Rodrigo disse...

Realmente, as amizades que são o melhor que se tira dessa loucura toda, nesse finde mesmo conheci um leitor paulista que estava a passeio no sul.

Diego disse...

Vocês se conheceram! que bacana. Eu desenvolvi algumas amizades com blogueiros e com leitores. É uma rede social poderosa, o blog.

TONY GOES disse...

Vocês, dominarem o mundo com seus blogs? Over my dead body.

kkkkkkk

Papai Urso do Interior disse...

Passo lá no blog da Marta direto tb, o texto dela é delícia, deixa logo a gente com sensação de que conhece e gosta há anos... Bem humorada, inteligente, um luxo. Invejinha branca de vc.

marta matui disse...

Fofíssimo! E foi assim mesmo! E eu também adoro esse filme, a ponto de ter passado lá no mesmo endereço a primeira vez que estive em Londres! Muitas coisas em comum temos, precisamos de muitos cafés para descobrir quantas! bjs

Cara Comum disse...

Eu sei o que é isso... Tb aconteceu algo parecido comigo... mas é uma longa história... abraços!!

cronicas gulosas disse...

Recente na blogsfera, sinto o mesmo - a vontade de conhecer ao vivo pessoas por quem sinto apreço, mesmo que virtualmente. É o seu caso, o da Marta, e o do Tony - pessoas que espero e pretendo conhecer em breve. Abs!

Luciano disse...

@Cronicas:
Wair, seria realmente um grande prazer. A Marta me contou do episódio do quase-encontro frustrado pelos imprevistos do trabalho.
Abraço,
**

CriCo disse...

Eu não tenho Blog, apesar de ser viciado na leitura. Daqui, ao vivo e a cores, eu só conheço o Tony, que virei fã depois. Espero um dia poder conhecer todas as pessoas que leio sempre (você, Marta e Daniel, de quem vou virar vizinho logo logo... hehe) algum dia e trocar um monte de figurinhas.