sexta-feira, 27 de maio de 2011

Casamento já?

O Brasil avançou hoje mais um grande passo em direção à igualdade no casamento. A ARPEN (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil), que congrega todos os cartórios de registros civis do Brasil e é a organização habilitada para oficializar os registros vitais (nascimento, casamento e óbito) no país, divulgou nota oficial afirmando que apóia e recomenda a conversão das uniões homoafetivas em casamentos civis (leia aqui). A foto simpática que ilustra esta postagem é copiada do próprio site da ARPEN-SP.

Estou morrendo de vontade de comer bolo de casamento. Aceito convite para ser padrinho de amigos que resolvam atar o nó.

8 comentários:

CIELLO disse...

falta-me o outro bonequinho em cima do bolo! rs....

gostei muito do apoio!

Daniel disse...

E quem não quer ter mais uma fonte de taxas e emolumentos? ;)

Autor disse...

Deve ser divertido ir num casamento de verdade gay.
Tb estou doido pra comer bolo!
:-P

Silvia disse...

tá convidado para a festa aqui na corte, querido =)

Wallace R. disse...

Chegou a hora de comprar o melhor perfume, pôr o vestido de festa, colocar o laço de fita no cabelo e ir para a sacada xavecar os cavalheiros que passam pela rua. Mando notícias se der certo.

beto disse...

quando eu vi o resultado do censo falando que 60.000 casais homossexuais se identificaram como tal, a seguinte dúvida surgiu:

se SOMENTE 120 mil pessoas tiveram coragem de se identificar como parte de uma casal homossexual (ou seja, apenas preencheram um formulário que não gera consequência alguma), QUANTAS pessoas estariam realmente dispostas a FORMALIZAR uma união estável e viver com as consequências disso?

passei a achar que a luta pela união estável era mais pelo princípio e menos pela prática. tipo, não queremos ser proibidos de fazer isso, mas a maioria não está muito interessada. ou como alguém disse "Agora pode. Mas eu não quero".

Anônimo disse...

Beto,
I agree !
Guilherme

Cara Comum disse...

Aêêê... Mais uma pequena vitória!! Abraços!!