quinta-feira, 5 de agosto de 2010

2x California

Cena de De Repente, California
Neste momento em que os olhos estão voltados para os últimos acontecimentos na Califórnia, está chegando às locadoras o DVD de De Repente, Califórnia (Shelter, 2007), que tinha sido exibido em circuito comercial limitado há um ano atrás. Boa oportunidade para conferir o filme, principalmente para quem não mora nas grandes capitais e não viu no cinema.

Eu vi o filme logo após o lançamento em uma sala onde cerca de 90% dos espectadores eram gays e os outros 10% eram casais idosos aproveitando a sessão da tarde. Fiquei surpreso com a reação positiva e simpática destes casais mais idosos.

O filme mal havia começado e eu já estava atraído pela música. Eu tenho uma memória muito musical, e algumas músicas conseguem acionar um botãozinho mágico na minha cabeça e me fazer viajar. Logo que saí do cinema fui correndo procurar o CD (está a venda no iTunes). Cinco das músicas são cantadas por Shane Mack, que atendia antes pelo nome de Shane McAnally quando ainda era considerado um cantor exclusivamente country.

A ideia de que cantores country tenham uma personalidade exclusiva que não pode ser compartilhada com outros estilos é antiga. Garth Brooks já arriscou uma incursão por outras searas e para isso teve que adotar o nome Chris Gaines - numa experiência que não teve muita receptividade.

"Lie of why you're leavin' early
Deny that you're in any hurry
Cry and tell me not to worry
Cause what I don't know is never gonna hurt me..."

7 comentários:

Paulo Braccini disse...

filme leve e super gostoso ... vale a pena conferir ...

bjux

;-)

Cadu disse...

adoro shelter
é o meu segundo filme
gls favorito, amo a trama
do filme, ele surpreende
indo além de apenas um filme com
surfistas gays
mostra a importancia da familia
bjs
cadu

TONY GOES disse...

Eu ODIEI o filme. Achei um "Sabrina" para gays, totalmente idealizado.

Quantas pessoas você conhece que encontram o príncipe encantado logo na primeira transa? O cara é lindo, rico, bem resolvido e ainda cozinha bem!

OK, fantasia é ótimo e todo mundo precisa um pouco. Mas prefiro ver um filme com gays de carne e osso nesse momento.

Anônimo disse...

Eu encontrei a muito tempo atrás e nunca mais nos separamos...
Talvez seja por isso que tb gosto do filme e da trilha sonora.

Guilherme.

leo disse...

esse filme é incrivelmente belo, e indiscutivelmente único.

Jamiro Pinheiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jamiro Pinheiro disse...

Amei esse filme! Já vi umas três vezes e a trilha sonora dele já está em meu celular. É bom demais!

Tudo bem, uma historinha água com açúcar, mas a fotografia é linda, a trilha sonora também... e é fofo. rsrs