segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Fazendo amor

A primeira vez que eu vi uma cena de dois caras se beijando em um filme de cinema foi em Fazendo Amor (Making Love, 1982). Eu fiquei completamente ruborizado e minha respiração se alterou. Dei graças a deus pela sala estar escura e ninguém notar. Mas a reação do restante do cinema também foi inesquecível. A grande maioria fez questão de externar desaprovação em voz alta, com sons de cuspidas que simulavam náusea e alguns credo, que nojo! aqui e ali. A cena era esta:




Hoje, quase 30 anos depois, parece que pouca coisa mudou. Na África do Sul as reações foram igualmente virulentas em repúdio a esta foto linda publicada esta semana na primeira página do jornal Die Matie da Universidade Stellenbosch. E olhem que lá até já existe a igualdade no casamento!

5 comentários:

Paulo Braccini disse...

lindo lindo ...

querido uma conquista de cada vez ... seja paciente ...

se não vermos isto outros verão ...

bjux

;-)

jwl disse...

Meu esse filme é um marco em minha vida eu já assisti esse milhões de vezes...creio que poderiam fazer um remake. Quero aqui também dizer que curto muito teu blog sempre apresentando coisas boas. Sucesso!!!
abs
José

[ joe ] disse...

quem imaginaria que em tanto tempo pouco mudou? foto linda mesmo.
imagino como deve ter sido desagradável pra você o momento da tal cena no cinema.
mas, sabe. enquanto eles cospem, eu me divirto, me inspiro, admiro, torço a favor de cenas como esta. deixa eles.

btw, a primeira cena de beijo gay que eu vi, e da qual jamais me esquecerei (tantos foram os replays!) foi esta: http://www.youtube.com/watch?v=Xjha8kFapXM (sem a dublagem).

ótimo texto, de novo.

[j]

Papai Urso do Interior disse...

Uau... Te recomendo os nacionais "Onda Nova" (1983, explícitos amassos e até um xixi na frente da camera) e "Aqueles Dois" (1984, poético e d narrativa lenta)... Mas o beijo mais lindo q vi foi em "Plata Quemada" (2000). Paixão é pouco, se os atores são de fato hetero, aquilo ali deve ter balançado com eles, PQ a química gay FOI FORTE!

Ass-Blaster disse...

Para efeito de encontrar tamanha pérola oitentista em dvd, o título em português ficou como 'Sem Regras Para Amar' e não 'Fazendo Amor'... O filme é realmente muito bom.