domingo, 29 de agosto de 2010

A vida secreta dos cowboys


Há muitas sensações estranhas rolando nas planícies do Texas. Tem uns caras que sentem coisas que não conseguem entender muito bem. E as cidades pequenas não gostam de gente indefinida. Não mesmo. As cidades pequenas não gostam de cowboy que gosta de homem.

Mas eu acredito piamente que no fundo da alma de todo homem existe o feminino. E toda mulher tem dentro uma voz masculina bem grossa. O cowboy pode até ficar contando vantagem das coisas que faz com as mulheres, mas os que falam mais alto são justamente os que são mais veados.

Os cowboys normalmente se amam em segredo. Ou você nunca desconfiou desta frescura toda de  usar selas e botas?

Não, o texto acima não é meu. É só o início da música Cowboys Are Frequently Secretly Fond Of Each Other composta em 1981 por Ned Sublette. Seria só mais uma música com tema gay se não fosse extremamente direta e se não fosse uma música country, um mercado ainda avesso às inovações dos costumes. E se não tivesse sido gravada por um cantor do naipe de Willie Nelson para mostrar que no mundo não há lugar para o preconceito.


Willie Nelson - Cowboys Are Frequently Secretly Fond Of Each Other: 


A letra original:

Cowboys Are Frequently Secretly Fond Of Each Other


Well, there's many a strange impulse out on the plains of West Texas.

There's many a young boy who feels things he can't comprehend.
And a small town don't like it when somebody falls between sexes.
No a small town don't like it when a cowboy has feelings for men.

And I believe to my soul that inside every man there's the feminine.

And inside every lady there's a deep manly voice loud and clear.
Well, a cowboy may brag about things that he's done with his women.
But the ones who brag loudest are the ones that are most likely queer.

Cowboys are frequently secretly fond of each other.

Say, what do you think all them saddles and boots was about?
And there's many a cowboy who don't understand the way that he feels for his brother.
And inside every cowboy there's a lady that'd love to slip out.

And there's always somebody who says what the others just whisper.

And mostly that someone's the first one to get shot down dead.
So when you talk to a cowboy don't treat him like he was a sister.
You can't fuck with the lady that's sleepin' in each cowboy's head.

Cowboys are frequently secretly fond of each other.

What did you think all them saddles and boots was about?
And there's many a cowboy who don't understand the way that he feels for his brother.
And inside every lady there's a cowboy who wants to come out.
And inside every cowboy there's a lady that'd love to slip out.


(Se gostou da música e quer guardar pra sempre, tem aqui).

6 comentários:

Paulo Braccini disse...

Willie Nelson é adorável ... momento revivel ...

bjux

;-)

Papai Urso do Interior disse...

Cowboys, amor de camaradas solitários no isolamento do campo, segredos másculos... Uau como puderam deixar uma faixa como essa de fora da trilha de 'Brokeback Mountain', né não? Cairia como uma luva!!! Adorei!

max disse...

Há um documentário muito bonito sobre a vida do treinador de cavalos e vaqueiro australiano Adam Sutton. Ficou famoso na Austrália durante a época do "Brokeback Mountain" por ser o "verdadeiro cowboy gay".

cinetemagay.blogspot.com/2010/05/since-adam-was-boy-1997.html

Otavio disse...

Luciano,
sou apaixonado por cavalos e adoro a vida rural. Moro na Av paulista na capital e não tenho facilidades de encontarr outros gays que tenham essas mesmas preferências. Sempre que procuro por gays cowboys ou peões no google sempre vem putaria. Alguma dica?
Muito obrigado.
Otávio.

Anônimo disse...

gente to amando um cowboys mas ele nem liga pra mim

Anônimo disse...

Amo cavalos mas o que me fascina mesmo são os cowboys e o jeito deles.