quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Bem vindo ao clube!

Bonito, bem sucedido, famoso, 30 anos de idade, talentoso. O tímido cantor Tiziano Ferro, no entanto, continuava sozinho.

Nesta semana, em entrevista à edição italiana da Vanity Fair, Tiziano Ferro revelou o segredo: é gay.

Parece que Ricky Martin começa a fazer escola. E os artistas galãs, para quem no passado uma revelação destas significaria o suicídio profissional, começam a sentir a segurança de assumirem o que são. Tiziano Ferro disse que depois de muita análise chegou à conclusão que quer vivenciar este seu lado na plenitude sem considerá-lo algo odioso ou monstruoso. Este jeitão de bom moço é ótimo exemplo para a juventude atual tão em falta de modelos em quem se espelhar.

Tizi, bem vindo ao clube!


5 comentários:

Rodrigo Teixeira disse...

ai ai

Daniel disse...

Mas não tinha um cara no Take That que era gay assumido na época em que a banda era ativa (não estou falando do Robbie Williams, claro)? Ou era no 5ive? Depois teve o bear do N'Sync que se assumiu, mas com a banda já aposentada e ele patinando numa carreira de ator.

Claro que cantores gays não são novidade, mas já que você tocou no assunto "galãs", lembrei desses casos envolvendo boybands.

Luciano disse...

@Daniel,
Toda boyband já tem um jeito meio gay, mas acho que para um cantor solo a pressão é maior. Nas boybands teve o Lance Bass do N'Sync, o Stephen Gately do Boyzone - que faleceu há exatamente um ano, o Christian Chavez do RBD. Por enquanto!!
**

David ®... disse...

ele continuava sozinho pq queria..eu estava aqui completamente a disposição dele!!!!

Papai Urso do Interior disse...

Tiziano Ferro é gente que faz, agora sem neuras e com aval da terapia... rsrsrs... As biografias deviam ter um apendice sobre sexualidade, é tão chato não saber por exemplo se Robert Redford algum dia teve sua próstata estimulada e, melhor que isso, se gostou da experiencia e repetiu-a inúmeras vezes em segredo absoluto de estado... Se causasse constrangimento eles [as celebridades] deviam deixar um documento autorizando publicação póstuma. Precisamos de referencias, eu AMO REFERENCIAS, mas como sabê-las ao certo com tanta gente mal-resolvida no mundo, ah esses questionamentos cruéis...