quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Irmãos & pais & mães & tios & sobrinhos

Gilles Marini
Será que alguém ainda continua assistindo Brothers & Sisters além de mim? A série entrou na quinta temporada depois de perder muito fôlego ao longo do caminho. Para renovar o ânimo os autores criaram um mega acidente no último capítulo da quarta temporada que sacudiu todo mundo. Um personagem importante morreu no acidente, outro perdeu a memória, e os rumos da história se alteraram. Acabou-se a empresa familiar e toda a chatice envolvida na administração do negócio, e foi-se também a outra chatice que era o envolvimento dos personagens com a política e as eleições americanas.

Ficou o que era a proposta inicial da série de focar no drama familiar, e um novo acontecimento interessante: o personagem Saul, um gay de cerca de 60 anos de idade que só se assumiu bem tarde, descobre que é HIV positivo e tem que lidar com os desdobramentos naturais que envolvem aceitação, rejeição, e apoio familiar.







O gostosão francês Gilles Marini que foi alçado à fama mundial ao aparecer peladinho tomando banho em frente à casa da Samantha em Sex & The City virou personagem fixo interpretando Luc, um pintor que faz um bico como modelo e fica famoso ao posar para um providencial comercial de cueca. Uma das surpresas previstas para esta temporada está no episódio de Natal, com a chegada da mãe de Luc, ninguém menos que Sônia Braga - que se chamará - adivinhem!!! - Gabriela.

7 comentários:

David ®... disse...

Euuuu!!!!

Não consigo largar. A Nora e o Kevin sempre salvam qq episódio.

E o Luc um colírio para os meus olhos cansados.

bjão

Diego disse...

Gente, eu perdi os horários, tá passando quando? me perdi, não consigo mais achar. Sempre que eu ligo no Universal, ou tem uma franquia Law&Order ou o Matt Damon em uma das 50 continuações da saga Bourne.

[ joe ] disse...

Eu também! Não perco. O primeiro desta temporada, chorei do começo ao fim. Que confusão. Quanta tragédia! Sofro ainda com a saída do Tommy, fico triste que eles tenham arrancado o cara da história como se nem mais fizesse parte da família. E o nome dele continua nos créditos dos episódios, o que faz pensar que ele ainda não abandonou a série. Não entendo.
Gosto do rumo que a vida da Sarah ta tomando agora com o Luc. Fiquei sentido pelo Saul no último episódio. E a Holly tmb tá me deixando bem emocionado.
To amando Justin assim, maduro, cabelo grisalho já, lutando pelo casamento. Norah, Kevin e Kitty me matam de rir a cada episódio.
Termino de ver e fico angustiado querendo ver o próximo. A série desandou mesmo, mas não consegui me desprender. Que bom, pq está melhorando de volta.

Bom falar sobre a série, conheço pouca gente que acompanha.

[j]

tulioma disse...

eu me perdi e ainda não vi a 4ª temporada. mas taí um seriado que amo de paixão. e é bom saber que ele está tomando o foco original. hehe

Luciano disse...

@Todos:
E as músicas, então?! A trilha sonora escolhida para cada episódio tem sempre a minha cara. Ao final de cada episódio saio correndo para buscar as músicas.
Agora, será que só eu acho o cabelo do Luc muito cafona? O Gilles Marini está merecendo um visual melhorzinho.
E eu acho uma pena que o Scott seja só um mero coadjuvante - queria que ele participasse mais das histórias. Adoro ele!
E o Jeremy Davidson, que encontrou agora na 5a. temporada como o carpinteiro meio rude que fisga o coração da Kitty. Uau, promete!!!!
**

cronicas gulosas disse...

Para tudo! SOnia Braga fazendo a mãe do Luc? E se chama Gabriela? Quem vai ser o pai, o Wadinho?

Rodrigo Teixeira disse...

eu não perdia.
hoje, quando lembro... ja é sorte.