sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dilma subiu no telhado

Os resultados das últimas pesquisas de intenção de voto acenderam luzes vermelhas e sirenes de alerta na campanha da Dilma. Os dois candidatos estão agora em posição de quase empate técnico, embora ainda com vantagem para a candidata do PT. E sobram motivos para um verdadeiro barata-vôa entre os marqueteiros de campanha:

1. As pesquisas costumam tradicionalmente pender mais para os candidatos de esquerda do que depois se comprova nas urnas. Os tucanos sempre tiveram mais pontos na urna do que previam as pesquisas, e  para o PT sempre foi o contrário. Inclusive nas eleições de duas semanas atrás.

2. Sempre houve um consenso entre os analistas políticos que havia um teto de crescimento para a Dilma além do qual ela não conseguiria passar. A rejeição alta forma um bloqueio impenetrável. Estima-se que este teto foi alcançado e inflado pela euforia dos eleitores pelas pesquisas que antecederam a eleição. A tendência agora é desinflar.

3. Dilma está caindo e Serra está subindo, o que coloca o tucano em uma posição muitíssimo mais confortável. Resta saber até quando um cai e até quando o outro sobe. É um momento ou é uma tendência?

4. Deixar a campanha resvalar para o lado religioso foi um erro. Nenhum dos dois candidatos está sabendo muito bem como sair agora deste atoleiro. O Serra tem levado alguma vantagem pois está conseguindo ser menos cobrado e consequentemente está fazendo menos promessas estapafúrdias. A Dilma acabou entrando em uma arapuca e não está conseguindo retomar as rédeas da situação - quanto mais mexe mais afunda. Bem lá no fundo, tanto a Dilma quanto o Serra têm mesmo é vontade de explodir toda esta extrema direita religiosa - os dois já demonstraram que estão bem acima desta ignorância toda. Mas falar isso abertamente para milhões de eleitores potenciais são outros quinhentos.

5. A ajuda do Lula, que foi essencial para Dilma chegar até onde chegou, está virando um estorvo. Na empolgação o presidente não tem falado coisa com coisa e tem dado munição para ataques. E ninguém consegue convencê-lo que a overdose de remédio também mata o paciente.

6. Dilma está cansada. Muito cansada. E já não está dando para disfarçar mais. Ela está inchada e irritada, e quando está parada do lado de alguém discursando ela tem demonstrado exaustão.

** Daqui a pouco viajo para Minas para um casamento de família e fico por lá durante o final de semana. Vai ser ótimo fazer uma sondagem sobre como andam as opiniões políticas por aquelas bandas. Minha família toda sempre respirou política de forma apaixonada desde os tempos de MDB e ARENA.

7 comentários:

Fernando Gouvea disse...

Que inveja, passar o fim de semana em Minas e ainda com casamento. Vc é um cara abençoado!
Acho e espero que em Minas a Dilma não se crie não.
:)

Papai Urso do Interior disse...

AS prova maior do cansaço de Dilma foi o primeiro debate (Band) do segundo turno, onde ela parecia desconfortável com a roupa, a equipe do programa, os assessores e por fim, deixou sua agressividade estourar nas réplicas ao Serra, que claro, tirou vantagem do bad day da candidata reduzindo-a a alguém que não suporta pressões e até então vinha usando uma máscara de tranquilidade e harmonia interior. Também acho que Serra está conduzindo melhor por já ter knowhow dos bastidores de campanhas anteriores, enquanto Dilma é estreante... rsrsrsrs... Queime Dilma, queime na fogueira que o presidente molusco a jogou...

Diego disse...

O que é um barata-vôa?

Luciano disse...

@Diego:
"Barata-vôa" é uma gíria para grande confusão onde ninguém se entende.
Abraço,
**

Papai Urso do Interior disse...

Amei o 'barata-vôa', rsrsrs... Fazia tempo que não ouvia... Ainda bem que vc é bem didático e explica tudo, sem demonstrar aborrecimento, para as novas gerações... Dia desses tive de explicar o que era 'lecionar' uma vez que meu interlocutor só conhecia como 'dar aulas'...

TONY GOES disse...

Pior cenário possível: Dilma é eleita, morre de câncer e Michel Temer assume. O Brasil é (ainda mais) loteado entre o PMDB.

Anônimo disse...

mas vc esqueceu que o serra teve, sim, o que indicavam as pesquisas no primeiro turno. Ele só foi para o segundo por conta da marina. E a marina era do pt, muito mais próxima ideologicamente da dilma que do serra.

Acho que a eleição não ta definida, mas esta mais difícil pro serra.
Por enquanto.

daniel