quarta-feira, 8 de junho de 2011

Beyoncé - 4

Vazou ontem na Internet o album 4, quarto album solo da cantora Beyoncé que tem lançamento oficial no próximo dia 28. Neste tempo que se passou desde o lançamento de I Am Sasha Fierce em 2008 Beyoncé nunca esteve parada; no início do ano passado mesmo mostrou as caras na colaboração Telephone com Lady Gaga.

Eu já ouvi o novo disco algumas vezes e ainda não consegui formar uma opinião. Achei agradável de ouvir porque gosto da voz potente e afinada da cantora, mas não consegui detetar nenhuma faixa com o mesmo poder de All The Single Ladies, Halo, Irreplaceable, If I Were A Boy, ou Beautiful Liar, que em discos anteriores saltaram ao ouvido logo na primeira audição. Ainda não consegui definir a personalidade do album, e talvez o trabalho sofra mesmo de falta de uma. No final do ano passado quando declarou que estava trabalhando no novo album Beyoncé disse "Well, I wouldn't say I'm inventing a new genre... I'm mixing every type of genre that I love and I'm inspired by every type of genre... It's not R&B. It's not typically pop. It's not rock. It's just everything I love all mixed together in my own little gumbo of music." Dependendo do resultado isto pode ser uma qualidade ou um defeito.

Senti que ela não tenha incluído alguma versão cover de algum sucesso antigo como fez com Honesty (do Billy Joel), incluída na versão platinum de I Am Sasha Fierce. A voz de Beyoncé consegue revigorar antigos sucessos - sua reinterpretação dos grandes clássicos de Etta James para o filme Cadillac Records, principalmente I'd Rather Go Blind e At Last, são de arrepiar.

Vou continuar ouvindo 4. Talvez este "gumbo of music" criado pela Beyoncé acabe se tornando gosto adquirido.

Beyoncé - 1 + 1:

7 comentários:

Anônimo disse...

Sinceramente já estou de saco cheio destas cantoras de momento.
Ainda bem que existe muita coisa boa e antiga.
Essa geração novinha de hoje enche o saco credo!!!!

Jota Farr disse...

Lu, vc conhece o álbum solo do vocalista da banda Travis? Ele se chama Fran Healy e o álbum, Wreckorder. Fica a dica.

Luciano disse...

@Jota Farr,
Obrigado pela dica! Eu já gostava do Travis e agora estou ouvindo o Fran Healy solo. Estou gostando de Sing Me To Sleep. Muito bom mesmo...
Abraço,
**

Lucas T. disse...

Na segunda audição de "4". Estou gostando. Nada espetacular, mas estou achei legal.

TONY GOES disse...

Beyoncé às vezes faz umas músicas esquisitas... Aquele segundo disco dela, o "B'Day", tinha várias faixas que eram pouco melódicas. E o novo single "Run the World" é just plain weird.

Bom, pelo menos ela tenta inovar e se arrisca fora das fórmulas fáceis.

Papai Urso do Interior disse...

Beyonça pode hj e sempre, é Madge sabor chocolate e c/ vibe soul. Só achei confusa a "proposta" sonora de Run the World (Girls), o clipe ficou idem e me causou frouxos de riso, os atabaques não colam com pista de dança, sad notification. No mais ela se ergue sempre, honey bey fica devendo outro baladão sofrido tipo If I Were a Boy, quem não curte uma fossa com vozeirão divônico desses? Aff.

Antonio Carlos disse...

só escutei 1+1 e gostei......