segunda-feira, 27 de junho de 2011

Rios de ignorância

Esta com cara de bolacha da foto é a Myriam Rios. Ela foi atriz da Globo, foi casada com o Roberto Carlos, é deputada estadual, é missionária católica radical, e apresenta um programa na Canção Nova. A este invejável currículo ela acaba de acrescentar ignorante juramentada, burra de papel passado, homofóbica de carteirinha e idiota certificada.

Em discurso na assembléia do Rio de Janeiro na semana passada ela defendeu o direito de demitir funcionários homossexuais. Como argumento ela deu o exemplo de uma eventual babá lésbica que poderia cometer atos de pedofilia contra seus filhos. A burrice da deputada vai mais além: "Se eu contrato um motorista homossexual, e ele tentar, de uma maneira ou outra, bolinar meu filho, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir sim, para mostrar que minha orientação sexual é outra”.

A burra juramentada não sabe a diferença entre homossexual e pedófilo. Ela também não sabe que a maioria dos pedófilos são heterossexuais.

Assista até o final se você conseguir não vomitar antes. E que o Espírito Santo faça cair o fogo do céu sobre a cabeça desta energúmena.

21 comentários:

S.A.M disse...

Que o Espírito Santo ilumine essa mente embecificada. Quanta burrice essa mulher disse em um texto só.

Lobo disse...

O melhor é o começo: "Não sou preconceituosa, não discrimino, prego o amor e o respeito ao próximo..."

Aham, tô vendo...

Anônimo disse...

QUE RAIVA!!!CADA DIA PERCO MAIS A FÉ NO SER HUMANO. TEM FRASE CELEBRE DE NAO SEI QUEM, QUE DIZ ASSIM: " A DIFERENÇA ENTRE A BURRICE E A INTELIGENCIA -E QUE A INTELIGENCIA TEM LIMITES"

Anônimo disse...

OUTRA COISINHA ESSA DEBIL TEM UM PROGRAMA NA TV CATOLICA E VEM FALAR EM PEDOFILIA?!? ELA FALA NO DISCURSO QUE TE MEDO, SERA QUE ELA TEM CORAGEM DE ENTREGAR OS FILHOS PARA DETERMINADOS PADRES E PQ NAO CRITICA A IGREJA POR FAZER VISTAS GROSSAS COM OS CASOS DE ABUSO, MAS É MAIS FACIL QUERER GANHAR VOTOS NAS CUSTAS DA IGNORANCIA DOI SER HUMANO.

Pedro Bitencourt disse...

O que ela não sabe... não quer saber... é que a maioria dos padres da igreja dela é que são pedófilos! Pior... se aproveitam da fé dos pais e das crianças! Ainda bem que nunca fui coroinha!!

Imbecil!

Pedro Bitencourt disse...

VOCÊS VIRAM ISSO??

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/06/justica-autoriza-casamento-gay-em-sp.html

Adorei!

Toma Miriam!

les_insone disse...

Realmente é triste ver uma pessoa pública (tá, peraê, nem tão pública assim né? ) ter esses pensamentos, e mais, incitar a sociedade quanto a isso.
quantoa na igreja Católica são pedófilos?
quantos dos evangélicos o são?
Não é a religião que muda as pessoas, bem como não é a opçãos exual que o faz.
Pessoas ignorantes e idiotas assim não sabem a diferença de homosexualidade para pedofilia.

infelismente, temos que lidar com pessoas assim, cabe a nós lutar por nossos direitos e mostrar nosso lugar.

Adoro seu Blog.

Um dia de Paz
Giseli
se puder, faça uma visitinha no meu http://lesinsone.blogspot.com/

ainda engatinhando nesse mundo de blogueira, mas tá engraçado, contando meus micos...

Anônimo disse...

Duas mensagens para essa deputada, que deve ser a líder da bancada dos ignorantes: 1) A Sra. NÃO tem direito para rejeitar um empregado pela orientação sexual; 2) Pela proteção dos filhos melhor se preocupar mais com o padre da igreja que frequenta que com uma naná ou um motorista homossexual.
O PDT vai manter "isso" no partido?

Dino Costa disse...

Que coisa mais triste! Ela era tão bonitinha nos anos 80! Eu achava que depois de beijar tanta biba, ela pelo menos ficaria amiga. Maldade. rsrsrs

Humberto disse...

Tô passado!

Quanta ignorância!

O pior é que "isso" tá lá na assembléia representando o povo.

Cadê os deputados, vereadores gays para fazer frente a isso?

Precisamos ter mais representação nas casas legislativas.

Não consigo entender como 02, 03 milhões numa parada gay não conseguem eleger mais pessoas que nos representem.

Chega de festa! A coisa tá ficando séria. Temos que partir para uma manifestação mais consciente e comprometida!

marta matui disse...

Não assisti, tenho o estômago fraco.

Tiago disse...

Além de misturar homossexualidade e pedofilia, a deputada burrinha, apesar de elaborar leis, deu uma mostra de que não sabe nada sobre elas. Se algum funcionário bolinar um filho dela, seja ele homo, hetero, bi, pansexual, pedófilo, zoófilo, necrófilo, enfim, ela sempre pode demitir, e com justa causa. Não há nada nos projetos em trâmite que proíba a demissão de quem incide em justa causa.

cronicas gulosas disse...

Ela não é burrinha. É Burra, com todas as letras em maiúsculas. É má, perversa e leviana, disfarçada (não merece o termo travestida) de defensora dos bons costumes. E ainda tem apoio de seres (também não merecem o termo pessoas) do mesmo quilate, da mesma miséria cultural.

Paulo Braccini - Bratz disse...

Jumenta juramentada ... fato ...

Papai Urso do Interior disse...

Ela radicalizou tanto que até a famosa e salutar vaidade feminina foi pro espaço, embarangou geral na estética e nas ideias, credo! Aff, olhando ela assim até entendo sua repulsa à religião e os males que ela causa (religião nenhuma é santa ou salva, fato), mas lembre-se se há uma laranja podre no cesto não quer dizer que todas as outras tb sejam...

Cara Comum disse...

Discurso de lavagem cerebral dos infernos!! Argumentos maliciosos, tendenciosos, burros, preconceituosos, ignorantes... Muito nojo disso tudo...

Anônimo disse...

Essa mulher como tantos tiveram as suas mentes uma espécie de lavagem cerebral quando se entra pra este meio evangelico!!!!

Marcos Rocha disse...

Quer saber? a culpa é nossa. Se somos 10% da população, somos cerca de 18.000.000 de pessoas. Somos eleitores, independentes e temos familia. Somados, somos cerca de 50.000.000 de pessoas. Eu acho que deveríamos deixar de comprar de empresas que não sejam gay friendlly, deviamos deixar de contribuir com igrejas, porque na hora do dizimo e da oferta, ninguem pergunta de gostamos de homem ou de mulher. Mas para isso tudo, deveríamos nos unir, num único objetivo, de forma a fazer valer nosso direito. Se não é pelo amor, que seja pela dor...

Cara Comum disse...

Pessoal, só lembrando que ela não é evangélica: é católica!!!

Pra bom entendedor meia palavra basta ou querem que eu explico o que isso significa para a gente??

Paulo do Sul disse...

Ela é PIMBA: pseudo intelectual metido a besta alternativa...rsrsr.

Anônimo disse...

Não acredito que esta mulher seja uma deputada!!
Quanta falta de entendimento.
Eu estou abismada! Chocada!
Jacy