quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Tragédia, horror, estilo


Eu estou horrorizado com as cenas da tragédia da chuva na região serrana do estado do Rio de Janeiro. Assisti ao Jornal Nacional ontem e depois quase não consegui dormir. Um horror. Vieram-me à mente as cenas da devastação de São Luiz do Paraitinga há um ano atrás - um lugar que eu costumo frequentar e cuja destruição me tocou bastante.

Por mais que as causas sejam conhecidas - ocupação inadequada do solo, descaso das autoridades, forças naturais em níveis imprevistos - a tragédia não fica menor. As cenas de salvamentos heroicos e os depoimentos de quem perdeu tudo são por demais comoventes. É impossível conceber a dor de quem viu a família e todos os bens despencarem em uma enxurrada de lama.

O evento trágico está servindo para se conhecer melhor o estilo da presidente Dilma. Dá para notar uma certa falta de traquejo nas primeiras declarações improvisadas no local da tragédia, mas é possível notar também bastante discrição - o que é bom. O antecessor não teria perdido a oportunidade de usar os holofotes para gastar a garganta e se autopromover frente a uma tragédia "nunca antes vista neste país". Eu estou começando a gostar muito da discrição da Dilma. Todos disseram, inclusive eu, que ela não tinha o carisma de Lula. Acho que estávamos confundindo carisma com falastronice.

5 comentários:

Cara Comum disse...

Ah, o importante é que Dilma faça o possível para evitar novas tragédias como essa. O resto é consequência...

Daniel disse...

já acusaram o governo federal de não ter repassado as verbas prometidas. A união jogou a culpa nas prefeituras que não teriam cumprido a parte delas enviando relatórios. Enfim, aquela velha história de sempre e todos de braços cruzados nas capas dos jornais.

ManDrag disse...

As imagens da tragédia são pungentes! Agora é momento de reconstruir vidas e aprender a fazer tudo com muito mais saber e responsabilidade. Por todo lado estão se evidenciando os resultados trágicos de décadas de políticas de permissividade e incúria.

Sem dúvida uma prova de fogo, logo no início do mandato, para Dilma.

Abraço

Gabuh disse...

tá aqui a cena que mais me comoveu: http://www.youtube.com/watch?v=G1n7hvM3i2A

me emocionei mais pelos cachorros. falei!

Paulo Braccini disse...

De toda esta desgraça, só salvou mesmo a personalidade dela ... estou de cadeira para elogiar ... não votei nela e ainda fiz campanha contra ... todavia, desde q foi eleita, ela vem me ganhando a cada dia ... q assim seja ...

bjux

;-)