terça-feira, 11 de janeiro de 2011

A fórmula do amor


Todo mundo sabe que não existe uma fórmula do amor nem manual de sobrevivência para relacionamentos. Existem, isto sim, milhares de livros de autoajuda que são escritos para pessoas de pouca imaginação por pessoas de muita esperteza - mas a grande maioria destes não pode nem ser levada a sério. Por isso é normal que a gente tente aprender com os relacionamentos reais bem sucedidos, usando a experiência dos outros não como receita infalível mas como inspiração.

Quando eu conheço um casal feliz eu gosto de conhecer a história por trás da convivência. Como se conheceram, como vivem no dia a dia, como superam as diferenças, como se controlam naqueles momentos de exasperação em que um tem vontade de enforcar o outro.

A revista OUT está lançando uma edição especial para celebrar o amor, com histórias inspiradoras de 23 casais reais.  Na capa, Tom Ford e Richard Buckley. Tom descreve como eles se conheceram, como foram os primeiros encontros e o início do relacionamento em um mundo assombrado pela AIDS. Richard diz que Tom é exatamente o mesmo homem de quando se conheceram há 24 anos.

A reportagem inclui também as impressões de Ed Droste, da banda Grizzly Bear, que se lembra em detalhes do pedido de casamento do companheiro Chad McPhail durante uma conexão na Polinésia Francesa.

São 23 histórias deliciosas de cumplicidade, compartilhamento, paciência, entrega, romantismo, e alegria. Talvez sejam justamente estes os ingredientes da fórmula do amor.

9 comentários:

Lobo disse...

Acho que cumplicidade e paciência mais do que todo o resto.

Um beijo Lú!

Rafael disse...

Nossa, muitas histórias inspiradoras, como a da família do tio David, ou a de Toby e Harlan. E quem diria que atrás da imagem forte de Tom Ford haveria um homem tímido? Obrigado por compartilhar, dá vontade de abrir o coração e quem sabe poder escrever minha própria história de amor.

Paulo Braccini disse...

acho q vou escrever a minha ... afinal são 36 anos ... rs

bjx

;-)

Lauro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lauro disse...

Tenho um casamento de 8 anos, e a cumpliciade e o companherismo são nosso alicerce. Sexo faz parte, mas não é 100% nem sua construção, mas faz parte do caminho inicial, falo isso como parte de daqueles que se dispõem a ter uma R E L A Ç Ã O com letras maiúscula. Círculo pequeno este, já fiz parte do outro, e fico por aqui, já senti o gostinho da felicidade. Môzão te amo....

Cara Comum disse...

E a gente aprende pelos bons exemplos, pelos maus exemplos e pela nossa própria experiência... Abração!

cronicas gulosas disse...

Eu e meu companheiro estamos juntos há 24 anos, trabalhando juntos ( o que piora algumas coisas sometimes ), mas admiração mútua é um componente essencial .

Rodrigo disse...

Ta, o Tom combina bem mais comigo #prontofalei

cronicas gulosas disse...

Rodrigo, one size fits all...