terça-feira, 1 de março de 2011

Bromance antigo

Muitos perderam a transmissão da entrega do Oscar no último domingo à noite porque, sentados à frente da TV até as 3 da manhã, não perceberam que já tinha começado. Difícil de acreditar que aquele programa chocho era o show esperado durante um ano todo.

Já os bastidores e a ação no palco parecem ter sido muito mais interessantes do que mostrou a transmissão, como comprova este animado beijo de Javier Bardem e Josh Brolin.



E não adianta dizer que isto é fogo de palha. É bromance antigo mesmo. Como mostram estas fotos do Oscar de 2008.

6 comentários:

David disse...

Bonito casal... o Barden pode perder uns 8 kg

cronicas gulosas disse...

@David - sei direitinho o que fazer com o Barden para ele perder os 8 kg...<:)

Anônimo disse...

li há um tempo atrás que o mundo masculino (no sentido de hetero) era extremamente machista e misógino, que os homens preferiam a companhia de homens, no choppinho do fim de tarde, na pelada do sábado, no vôlei do domingo, e que às mulheres cabia o troféu bibelô, servindo como reprodutoras, mães, ou objetos de desejo. pra mim , mesmo soando preconceituoso quando individualiza muito, ou seja o negócio fica entre dois caras(e não por conveniência mas por vontade mesmo) não é 'bromance' é paixão reprimida mesmo.

Papai Urso do Interior disse...

Aff... Momento nada a ver, fico sempre amarrotado (porque passado é sempre bom estar, rsrsrs...) qd lembro do quão mocréio Bardem estava em Onde os Fracos Não Tem Vez, rsrsrsrs... após a cerimônia de domingo, a Globo o exibiu na sessão corujão e tchanran... lá estava o retrato de cruz-credo de novo, nem parece esse totoso de ensaios e tapetes vermelhos da vida, rsrsrsrs... Isso que é ator, qd teima em enfear-se, vai as últimas consequencias no ato em si, that's hollywood, rsrsrsrsrs...

Anônimo disse...

Acho o Bardem um super ator e qdo não está em cena, super gato.
Gui

[ joe ] disse...

Que fofos.
Adoro bromances, fico fantasiando bastante.

[j]