quinta-feira, 21 de junho de 2012

Desculpem qualquer coisa

O Fernando Haddad é bonito, jovem, simpático, educado, está sempre bem vestidinho - mas confesso que nunca vi uma figura política tão nula. O que Haddad  - o maior interessado - achou do imbróglio com o Maluf? Ninguém sabe, nem perguntou. Será que ele sabe falar sem o Lula do lado?

Ao contrário de Marta Suplicy e Serra que não conseguem esconder a gana pelo cargo, eu tenho a impressão que o Haddad está quase pedindo desculpas por concorrer.

Um comentário:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

fato ... agora, dentro do mundo político o Haddad é meu número certinho ... se ele quisesse concorrer ao cargo de marido do Bratz ganhava fácil ... rs