segunda-feira, 25 de junho de 2012

O monstro do armário


Você consegue adivinhar o quê os homens listados acima têm em comum? Todos eles foram inimigos figadais dos gays e combateram a comunidade gay com veemência, e todos eles mais cedo ou mais tarde se revelaram gays enrustidos. A reportagem está na edição desta semana da Salon, comprovando mais uma vez que homofobia pode mesmo ser só mais uma das caras do monstro do armário. Aqui estão os detalhes de cada um dos gays homofóbicos mostrados na foto.

3 comentários:

Margot disse...

Já pensou Luciano se fazem uma pesquisa e uma lista dessa dos "inimigos dos gays" brasileiros.... Seria o caos...rsrrsrs
A maioria políticos, e o pior... nós é que os elegemos, no caso...eles, os americanos.
Abraços

arpoador disse...

A tradicional percentagem 10% de homosexuais em uma população [Kinsey?] deve dobrar no caso do Partido Republicano. Esses aí são apenas os anti-gays que foram pegos nos mictórios públicos. Os Bolsonaros que se cuidem.
Roy Cohn, o primeiro da lista, foi o promotor judeu que mandou o casal Rosemberg, também judeus, para a cadeira elétrica, por passar segredos atômicos aos russos. Ele é o advogado com Aids, interpretado por Al Pacino, em 'Angels of America'

railer disse...

luciano, como sempre suas postagens são muito boas. concordo com a margot, tinha que ter a lista brasileira.