sexta-feira, 8 de junho de 2012

Quero ser Neil Patrick Harris


Neil Patrick Harris é jovem, talentoso, bonito, bem casado, pai de família. No próximo domingo, mais uma vez, ele será o apresentador do Prêmio Tony de teatro. Como se tudo isto não bastasse, ele é também muito simpático, inteligente, espirituoso e bem humorado. Eu quero ser Neil Patrick Harris.

Eu já tinha falado dele aqui e aqui, mas nunca é demais falar de gente bacana assim. Precisamos compensar o tempo que perdemos falando de pastores homofóbicos, políticos corruptos e gente chata que não valem o nosso tempo.


No ano passado Neil Patrick Harris arrasou numa entrevista ao David Letterman. O experiente apresentador estava cheio de tato para falar da condição de Neil ser casado com outro homem, mas Neil não deixou barato. Falou com a maior naturalidade, respeito e orgulho de sua família e dos detalhes de como ela foi concebida. E ainda deixou claro no final que uma família assim demanda uma grande dose de planos e preparação. "Nós não conseguimos simplesmente engravidar acidentalmente em uma única noite. Bem que tentamos!"


Há dois dias ele quase conseguiu arrancar uma declaração de amor do Stephen Colbert. "Você consegue transformar o 'ser gay' em algo que não é ameaçador", disse o apresentador, entre outras coisas como "É impossível não gostar de você." E Neil Patrick Harris não teve o menor escrúpulo em ficar 'mais gay' na entrevista quando Stephen Colbert diz que ele passa por hétero tranquilamente.

E agora está no ar este episódio de Punk'd (aqui, a partir do momento 07:30 min.) que inclui uma pegadinha: Neil Patrick Harris sai para uma caminhada e quando volta encontra um urso de verdade dentro de seu carro, e não poderia ter uma reação mais cool, controlada e bem-humorada. Eu quero ser Neil Patrick Harris.


11 comentários:

Anônimo disse...

E eu queria ter um Nel Patrick Harris para mim. Fica para a próxima encarnação...

Anônimo disse...

* Neil

Margot disse...

Eu também...rsrsr ele é lindinho e o marido idem. Parece que são felizes.
Abraços

Daniel disse...

Não sei se rio ou se choro. Deslumbre com duas-bichas-passivas-que-criam-duas-crianças. É isso mesmo?

Luciano disse...

@Daniel:
Chore. Porque o seu caso é sério.
**

Anônimo disse...

para Daniel.

Chore muito de inveja...

Lucas disse...

ô Luuu.... por favor, faz um post sobre a campanha para angariar assinaturas pra aprovação do Estatuto da Diversidade Sexual.... por favor

amo seu blog

bj

Anônimo disse...

PARA O DANIEL QUAL GAY NAO ´E PASSIVO, ATE OS HETEROS FAZEM AS VEZES ( SEXO PASSIVO) POR DINHEIRO OU CURIOSIDADE, PQ OS GAYS NAO FARIAM...E TB TENHO AMIGOS PASSIVOS ASSUMIDOS E CONVICTOS QUE SE APAIXONARAM E SE TORNARAM ATIVOS PARA AGRADAR O NAMORADO (ENTAO ESQUEÇA ESSA COISA DE ATIVO E PASSIVO)

Luciano disse...

Lucas,
Ótima ideia! Eu estou fora de casa, retorno no final do dia -daí escrevo.
Abraço,
**

Anônimo disse...

Ninguém quer ser viado, feio, gordo, com emprego de merda, casado com um velho calvo desempregado, sem "filhos", que p(e)(a)gam michê em sauna.
OH WAIT!

[ joe ] disse...

ele é sensacional, um otimo exemplo, e ainda ta de aniversario!
brigadissimo pela dica do Robin Thicke, ainda nao conhecia o cover, ja ouvi, ja amei, ja baixei. Valeu!
[]

[j]