quarta-feira, 21 de julho de 2010

Formalizado último passo da lei na Argentina...

Em uma cerimônia histórica, foi formalizado hoje o último passo da lei que iguala os direitos dos casamentos homo e heterossexuais na Argentina com a sanção da presidente Cristina Kirchner. Ninguém duvidava que ela aprovaria a lei - ela e o marido, o ex- e talvez futuro presidente Néstor Kirchner, defenderam a lei desde o começo principalmente como forma de irritar o arcebispo de Buenos Aires que estava desferindo duras críticas à política social da presidência.

Cristina Kirchner se comparou a Evita, que 58 anos atrás presenciara a aprovação dos direitos da mulher. E disse: "Hoje somos uma sociedade um pouco mais igualitária que na semana passada".

Um comentário:

Tony Goes disse...

Quase fui às lágrimas com o discurso dessa bandida, que apropriadamente se vestiu de rosa e ainda usou a carta-Evita, até hoje um golpe meio baixo na política de lá. Mas suas palavras são realmente maravilhosas. Que inveja dos argentinos. Como são covardes os nossos políticos.