sábado, 3 de setembro de 2011

Guilty pleasures

Minha amiga Cissa era fãzona do Wando. E morria de vergonha disto. Quando queria comprar um disco do Wando ela inventava histórias mirabolantes na loja - dizia que estava comprando um presente para a empregada - coisas assim.

Ainda bem que nossos impulsos interiores nem sempre obedecem à imagem que queremos transmitir de socialmente ou moralmente corretos, ou seríamos insuportavelmente chatos.

Todo mundo tem um ou vários esqueletos no armário. Pode ser uma transa-baixaria, um casinho secreto, um desejo condenável, ou um simples gosto inconfessável. Eu, por exemplo, adoro a música e o clipe de Easy com a Paula DeAnda. Eu sei que é brega, rasteiro, veadíssimo, medíocre, vulgar, ordinário - mas é mais forte do que eu. Toda vez que vejo o clipe eu me lembro da Eunice com o Ismael em Insensato Coração - a gente morre de medo de alguém descobrir e toda vez jura que vai ser a última!

10 comentários:

Anônimo disse...

Hahahah breguíssimo o clipe msm, mas cada corpitcho que aparece!

Lucas T. disse...

Nussa, cafona é apelido, mas os corpinhos compenssam. Guilty Pleasure é que nem cu, cada um tem o seu (a diferença é que podem ser vários) hehe.

Anônimo disse...

Pensamento tipico de mentalidade classe média. Preconceituoso, medíocre, equivocado.

RICARDO AGUIEIRAS disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!! E eu, que gosto - e admiro! - o Cauby Peixoto??!!?

Lobo disse...

Um guilty pleasure: Amo Fofura, aquele biscoito bomba de sódio e gordura trans que derrete na boca. Evito ao máximo, mas nem sempre resisto a entrar no depósito e comprar (escondido) ahahaha

Luciano disse...

@Ricardo:
Cauby não é brega - é cult!!! Também adoro! A propósito, há algum tempo levei meus pais para assistir ao show da Ângela Maria. Acho que curti mais que eles!
Abraço,
**

Cara Comum disse...

Pois eu faço questão de que todo mundo saiba desses meus "segredos" porque aí posso ser livre pra vivê-los... hehehe

Lucas ;D disse...

"brega, rasteiro, veadíssimo, medíocre, vulgar, ordinário"
kkkkk....
amooo o jeito q o luciano escreve!!!

Papai Urso do Interior disse...

Huahahahahahaha... Guilty pleasures, quem não tiver os seus que atire a primeira pedra... Lá vai o meu: "Onde o Amor Me Leva" na voz da (como uma deusa) Rosana, sei a letra de cor, pode?

Anônimo disse...

KKKK
ADOREI ESSE SEU POST SUPER SINCERO.
É ótimo esse seu lado.
Gui.