quinta-feira, 29 de setembro de 2011

It Gets Better. Does it?

Jamey Rodemeyer, este garoto da foto, se matou há 2 semanas por não mais suportar os insultos dos colegas. Ele era gay e tinha 14 anos de idade. Quando a irmã adolescente retornou à escola, os alunos que costumavam agredir Jamey cantaram durante uma homenagem ao garoto:"We're glad you're dead" (estamos contentes de você ter morrido) e "You're better off dead" (você morto é melhor).

Isto é tão cruel e tão absurdo que é difícil entender esta história à luz da razão. Como, neste mundo, garotos adolescentes conseguem permanecer insensíveis a uma tragédia que eles mesmos ajudaram a provocar, a ponto de se vangloriar da morte de um colega?

E ainda tem gente que acha que eu exagero quando me revolto sobre o quê a religião e o preconceito podem fazer com a cabeça das pessoas.

15 comentários:

CriCo disse...

Nossa, tô chocado. Mesmo.

Dan disse...

o ser humano é muito cruel.

Gui disse...

Merecem umas porradas. Me julguem.

Thiago Lasco (Introspective) disse...

Será que nem com repercussão negativa internacional esses vermes vão entender a gravidade e a falta de bom senso disso?

((ADRIANO)) disse...

Gente de má qualidade, ordinária e desgraçada.
Não adianta, sempre na humanidade existirão pessoas que te surpreendem para o bem ou para o mal.

Com um pouquinho mais de apoio talvez ele não se mataria...
Mas quando a gente estuda e é criança ou adolescente, nosso mundo e nossa vida são do tamanho da escola.
Só depois olhando para trás vemos que aquilo era só uma parte de um grande todo.

VERDADE SEJA DITA A ESCOLA SEMPRE FOI OMISSA E CONIVENTE EM RELAÇÃO AO BULLYING.

E não diga que o problema está SÓ EM CASA por que não é verdade, pois experimentamos a vida social é na escola.

marcos guinoza disse...

Luciano...
um amigo escreveu um texto chamado "A cura pela porrada". E ele tem razão. Existem pessoas que só tomam jeito na base da porrada. É o caso desses moleques. Aposto que se levassem uns bons sopapos, aprenderia um mínimo de respeito ao próximo. Abs.

Anônimo disse...

LAMENTÁVEL.

Anônimo disse...

Crueldade, vi a foto dele lembrei-me do caso do Alexandre Ivo(14 anos morto no Rio de Janeiro)alguem tem alguma noticia do caso os assassinos ainda estão soltos?
Herbert_Itz

Dimas disse...

Lamentável é o minímo a se dizer do ocorrido. Só de ver rosto bonito , expressão de docilidade - tinha tudo para ser uma pessoa feliz e não suportou a imbecilidade dos demais alunos.

Porrada neles!!! Bando de cretinos!

Thiago disse...

"Mas quando a gente estuda e é criança ou adolescente, nosso mundo e nossa vida são do tamanho da escola."

Muito verdade. Eu fiquei com tanta pena, porque ele era um garoto lindo e provavelmente seria muito feliz, não fossem esses filhos do demônio se colocarem no seu caminho.

Anônimo disse...

Lamentável mesmo, penso até que ponto esses jovens preferem se expor ou se abrir, o meio é tão violento não aceitam, é tudo tão complicado, se esse garoto fosse mais aberto não ligasse para os insultos talvez estaria aí vivo, mas haja estômago para aguentar calado e não fazer nada, a bomba explodiu ou seja ele não aguentou e se matou, o pior é que ele não vai para nenhum paraiso isso é que é triste o sofrimento será infinitamente maior, segundo para quem acredita no Kardecismo Espiritualista.
Lamentável mesmo.

Diego Rebouças disse...

Mas o ser humano tem muito potencial para ser cruel - justamente por isso é que devemos redobrar nossos esforços.

Anônimo disse...

AINDA ASSIM LAMENTÁVEL, QUALQUER VIDA QUE SE VÁ, SEJA HETERO, GAY OU PANSEX, LAMENTÁVEL. HOMO SAPIENS NÃO CONCLUI NUNCA NENHUM TIPO DE EVOLUÇÃO. LAMENTÁVEL.

Cara Comum disse...

Concordo com o seu título. Tenho sempre uma desconfiança se as coisas estão realmente melhorando... É foda ver a violência de zombar da violência sofrida pelo outro... Em que mundo vivemos? Isso ninguém se pergunta!!

railer disse...

nossa, que triste...
muita maldade.