quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Eternamente

Duffy surgiu praticamente do nada em 2008 e tomou o mundo de assalto. Seu disco de estreia Rockferry foi o mais vendido no Reino Unido naquele ano e elevou as músicas Mercy e Warwick Avenue à estratosfera do sucesso. No ano seguinte Duffy ganhou o Grammy de melhor disco pop por Rockferry e a carreira de grandes prêmios não parou mais.

Por tudo isto seu próximo lançamento era amplamente aguardado. Endlessly tem lançamento oficial marcado para 7 de dezembro. Vazou hoje na internet, e basta uma primeira audição para se constatar que esta gaulesa de pegada soul forte veio para ficar.

O álbum tem 10 faixas deliciosas. Em Breath Away Duffy lembra muito o estilão de Amy Winehouse, mas com personalidade própria. E cada faixa é uma nova oportunidade de ouvir o que esta garota linda consegue produzir com a voz. Já é possível afirmar sem dúvida que o êxito de Rockferry não foi simples sorte de principiante, e que Endlessly tem tudo para seguir o mesmo caminho de sucesso.

Duffy - Endlessly:


Duffy - Breath Away:

4 comentários:

TONY GOES disse...

Gosto da Duffy, comprei seu primeiro disco e vou comprar este também. Comprar mesmo, o CD físico, na loja. Mas acho que ela é uma Amy Winehouse liberada para menores. Até seu primeiro hit, "Mercy", parecia uma versão em negativo de "Rehab". Ou talvez em positivo: enquanto a original cantava "no, no, no", seu clone sanitizado vinha de "yeah, yeah, yeah".

Paulo Braccini disse...

não conhecia mas adorei ... veio para ficar mesmo ...

;-)

Papai Urso do Interior disse...

Muito fofa, um mix de Joss Stone + Amy Winehouse, sem os maneirismos da primeira e a muleta alcoólica-entorpecente da segunda, rsrsrs... Às vezes acho até que Paloma Faith - que tb é tuuuudo -, se inspirou muito na sonoridade sessentista do primeiro álbum de Duffy... Sério 'Mercy' foi uma das melhores canções que já escutei.

[ joe ] disse...

Confesso que aprecio a Duffy mais do que a Amy. Adoro o primeiro CD dela, amo "Warwick Avenue". Baixei o segundo, mas ainda nao ouvi inteiro. Adorei o que ouvi, é uma voz que, embora lembre a Whinehouse, tem suas particularidades muito especiais.
Mais uma dica excelente! A Duffy tem um lugar especial no meu iPod.

[j]