terça-feira, 2 de novembro de 2010

That was then, this is now

Captain & Tennille

Os ídolos da juventude não deveriam envelhecer nunca. A arte deveria produzir algo mágico que permitisse que eles ficassem eternizados no tempo e mantivessem o vigor da juventude. Como os deuses. Porque é sempre um baque a dura realização dos efeitos da passagem do tempo.

Peter Frampton


Todo mundo envelhece, e é justamente o ato de envelhecer que mostra que estamos vivos. Para parar de envelhecer, só morrendo. Mas é muito triste, não importa o quanto a sociedade tente glorificar a velhice.



Crescemos vendo alguns artistas envelhecerem na nossa frente. Elton John não lembra mais em nada aquele garoto esquálido do começo da carreira - mas como ele nunca saiu de cena nossos olhos foram se acostumando pouco a pouco com a lenta e inevitável metamorfose. Agora, quando o artista ficou muito tempo longe do público o choque é inevitável.


Sinead O'Connor


Sinéad O'Connor era linda e cheia de estilo - agora virou esta mulher largada aí da foto ao lado. Em mais algumas décadas Britney Spears, Xuxa, Shakira, Ricky Martin serão pessoas idosas. Madonna já não consegue mais esconder a cara de tiazona. E eu continuo achando que os ídolos não deveriam envelhecer. Deveriam ficar sempre jovens e daí, num belo dia, virar estátua.

5 comentários:

Paulo Braccini disse...

igual a todos nós q estamos sempre em frente ao espelho ... nunca sentimos q estamos envelhecendo ...

muito triste ... mas enfim

bjux

;-)

marta matui disse...

Não acho que envelhecer seja ruim. O ruim é embagulhar. Tem gente que envelhece com dignidade e gente que se larga. Os que envelhecem com dignidade são deliciosos de ver, na verdade.

beto disse...

aonde que a sociedade tenta glorificar a velhice?
me mostra o caminho que preciso mudar para lá rapidamente!

Luciano disse...

@beto:
É esta sociedade nossa mesmo que tenta glorificar a velhice. Já ouviu a expressão "melhor idade"? Se ouvir, não acredite não.
Abraço,
**

P. Florindo disse...

Nossa, mudança total a da Sinéad O'Connor. Parece uma dona de cassa comum. '-'