terça-feira, 16 de novembro de 2010

Santelmo


Quando minha irmã perguntou sobre a Feira de Santelmo eu disse a ela: "Imagine um monte de velhinhos que tenham fumado um grande baseado antes de sair de casa. É isso."

Na primeira vez que estive na Feira de Santelmo eu custei a perceber que era uma feira de antiguidades. Aquele monte de quinquilharia nem me chamou a atenção. Também nem acho que alguém compre algo daquele monte de coisa velha encardida - nunca vi ninguém comprando. O grande barato daquele pessoal parece ser sair de casa e ser o centro das atenções em uma grande festa. Uma coisa assim meio bloco de carnaval antigo.

O melhor da Feira de Santelmo realmente é o povo. Eles estão curtindo o maior barato e convidam a gente para curtir com eles. Um barato viajante...




5 comentários:

Zilmar disse...

Li seu post sobre Buenos Aires....e assim como eu...tbm fiquei maravilhado pela cidade...até pensei morar ai/lá mas acontecimentos familiares fez eu voltar ao Rio, aonde tbm não é ruim de morar...mas tenho ótimas lembranças dessa cidade bonita e simpática....

Rodrigo disse...

que nostálgico.
Bateu uma vontade beeem forte de BsAS.

Introspective disse...

Hahahahaha... boa!

Paulo Braccini disse...

San Telmo é de uma singularidade sem precedentes ...

;-)

Papai Urso do Interior disse...

Uau! Terceira idade rules around Buenos Aires... Nossos velhinhos aqui do Brasil são tão recalcados e resmungões, deviam ser assim, purpurina contra o tédio, né?!